O Mundo do Software Livre muito além do Linux! (Notícias e Dicas)

Aúncio


sexta-feira, dezembro 31, 2010

PSL-Brasil - Software Livre: maduro para o mercado corporativo - Software Livre

Suggest an article
Software Livre: maduro para o mercado corporativoDecember 14, 2010, by Vitorio Furusho - No comments yet
Viewed 231 times
 Go back to Empresas

Para muitas pessoas da área de TI quando se fala de Software Livre surge logo a ideia de um grupo de nerds com muita irreverência, experimentação, protesto e nada levado a sério. Pois isto está muito longe da realidade.

Esta visão pode ter sido verdade a alguns anos, mas observando o mercado vemos indicadores cada vez mais claros de que o Software Livre passa a fazer parte da lista de opções consideradas pelas corporações.

Traduzindo em números, em estudo recente realizado com 300 empresas de grande porte pela Accenture confirmou que metade delas já está comprometida com soluções de código aberto. Dos outros 50% que não usa normalmente aplicativos em Software Livre, 28% delas estão realizando testes ou têm empregado esse tipo de software em casos específicos. E mais, 69% das empresas pesquisadas avaliam a possibilidade de aumentar os investimentos em soluções Livres.

Era de se esperar que a escolha dos aplicativos livres fosse motivada pela redução de custo . Pois não é isto que as corporações relatam. Segundo a pesquisa fatores como qualidade, segurança e confiabilidade são os determinantes na adoção do software livre.

É fato que as corporações procuram minimizar os riscos e estão em busca soluções confiáveis para colocar suas “fichas”. Principalmente quando estamos falando das informações vitais para o seu negócio. Na maioria das vezes as empresas esperam que alguém faça a escolha antes e os exemplos de sucesso apareçam, para então embarcar na tecnologia. Pois exemplos de sucesso é o que não falta.

Além dos fornecedores de software, que tentam associar sua imagem a soluções livres como a Oracle, grandes empresas integradoras de TI como a IBM, Unisys ou HP reforçam seus times de consultores e técnicos para atender as demandas crescentes nesta área.

O modelo de negócios de Software Livre ainda está baseado fortemente na prestação de serviços de integração e suporte, já que os aplicativos básicos como sistema operacional e banco de dados, linguagens e automação de escritório estão virando commodities. A diferença está na qualidade do serviço prestado.

O que vai determinar o sucesso ou não do projeto é a escolha do fornecedor de serviços. Experiência, treinamento, certificações e tamanho da equipe técnica vão definir se você vai depender de uma equipe ou de um único profissional.

Muitas corporações já baseiam toda a sua infraestrutura de TI em soluções livres devido a confiabilidade e segurança oferecida. Definitivamente o Software Livre não é mais uma questão para amadores.

* fonte: Ubuntu Dicas

 


PSL-Brasil - Software Livre: maduro para o mercado corporativo - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Wiki Tech: documentação aberta sobre Software Livre - Software Livre

Suggest an article
Wiki Tech: documentação aberta sobre Software Livre December 14, 2010, by COLIVRE - No comments yet
Viewed 242 times
 Go back to Empresas

A Colivre é uma empresa cooperativa de soluções para web que acredita nos princípios de compartilhamento tecnológico ligados as comunidades de software livre.

Partindo dessa filosofia,  mantemos um espaço Wiki denominado de "Wiki Tech" que tem por objetivo compartilhar tudo que é desenvolvido internamente em nosso ambiente de trabalho, em termos de informação e conhecimento minimamente sistematizados.

Você então tem toda liberdade de usar, contribuir e distribuir tudo que é publicado por lá!


PSL-Brasil - Wiki Tech: documentação aberta sobre Software Livre - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Papai noel turbinou a promoção da Milenium Informática!! - Software Livre

Suggest an article
Papai noel turbinou a promoção da Milenium Informática!! December 15, 2010, by Ana Cristina - No comments yet
Viewed 213 times
 Go back to Empresas

Papai noel passou por aqui e turbinou a nossa promoção  !!

Agora além dos descontos de até 40% da nossa promoção,  você também participa do Natal Mágico que sorteará 50 vales compra de R$ 1.000,00.
Para cada curso adquirido no período promocional você recebe 2 cupons para o sorteio do dia 11/01/2011. 
Mas corra, pois só concorrerá quem fizer a inscrição nos cursos até o dia 30/12/2010.

Para mais informações entre em contato com nossa equipe, estamos esperando por você! Telefone: (67) 3342-2115, Email/MSNs: comercial@mileniuminformatica.com.br treinamento@mileniuminformatica.com.br


PSL-Brasil - Papai noel turbinou a promoção da Milenium Informática!! - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Pesquisa acadêmica sobre Adoção de SL na perspectiva de Gênero - Software Livre

Suggest an article
Pesquisa acadêmica sobre Adoção de SL na perspectiva de Gênero December 15, 2010, by Anatália Saraiva Martins Ramos - No comments yet
Viewed 235 times
 Go back to Comunidade

Coordeno uma pesquisa financiada pelo CNPq cujo objetivo é compreender as diferenças de gênero quanto à adoção de software livre, especialmente de sistemas operacionais de código aberto, como o GNU/Linux, Ubuntu, Debian etc.

Convido-os a responder os questionários online dessa pesquisa. São dois tipos de questionários:

*com questões fechadas (http://www.surveymonkey.com/s/AdotaSL_quanti)

*com questões abertas (http://www.surveymonkey.com/s/AdotaSL_quali).

Gostaria que esses questionários fossem divulgados junto às comunidades sociais, empresas e universidades e sua lista de contatos.

Agradeço desde já o tempo e o conhecimento dispensados em prol do movimento pelo SL.

Profa. Anatália Saraiva Martins Ramos

twitter.com/anataliasmr

skype: anataliaramos


PSL-Brasil - Pesquisa acadêmica sobre Adoção de SL na perspectiva de Gênero - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Chrome ganha mais de 10 mil extensões e se aproxima do Firefox - Software Livre

Suggest an article
Chrome ganha mais de 10 mil extensões e se aproxima do FirefoxDecember 15, 2010, by Vitorio Furusho - No comments yet
Viewed 219 times
 Go back to Empresas

Um terço dos usuários do navegador utiliza extensões, que passaram a serem suportadas em sua quarta versão, lançada em dezembro de 2009.

A equipe do Chrome comemorou, na semana passada, um ano desde que o navegador ganhou suporte a extensões.  A celebração é em relação ao beta da quarta versão do browser, cujo lançamento supriu a principal deficiência, até então, do software ante seu rival Firefox: a falta de personalização.

O modelo final só apareceria um mês depois, em 25/01, mas já com 1500 complementos. Desde então, o número não parou de crescer e, atualmente, está na casa dos 10 mil – especificadamente 10.182. Segundo um comunicado no blog, um terço dos usuários do Chrome utiliza ao menos algum deles.

O Firefox, que conta com a funcionalidade desde 2003, quando passou a ser chamado por esse nome – antes era conhecido como Firebird – não informa, em sua página, quantos complementos estão à disposição dos usuários. Somando as categorias lá mostradas, tem-se 12.762. No entanto, muitos dos programas são listados em mais de uma – ou seja, essa quantidade deve ser menor.

De qualquer forma, boa parte das extensões é oferecida para ambos os browsers, de modo que, independentemente da escolha do usuário, ele estará bem servido. Os outros navegadores mais populares – Internet Explorer, Safari e Opera – também já se renderam aos add-ons, devido à alta aceitação deles entre os internautas, mas, por enquanto, não oferecem nem metade do que Firefox e Chrome dispõem.

Por Ricardo Zeef Berezin, do IDG Now!

Publicada em 13 de dezembro de 2010 às 19h31


PSL-Brasil - Chrome ganha mais de 10 mil extensões e se aproxima do Firefox - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Curso de Programação de Computadores em Software Livre e plataforma aberta - Software Livre

Suggest an article
Curso de Programação de Computadores em Software Livre e plataforma abertaDecember 15, 2010, by Vitorio Furusho - No comments yet
Viewed 352 times
 Go back to Comunidade

Eis uma carreira que está em alta no mercado!

Existem diversas linguagens de programação como: Java, PHP, Ruby, Javascript, etc. Profissionais com conhecimento em programação de computadores são muito requisitados e a média salarial está entre as melhores.

A Programação de Computadores consiste no processo de codificação de sistemas e aplicativos para as mais diversas finalidades, dentre elas: jogos, websites, sistemas corporativos, aplicativos para telefones móveis, etc.

O primeiro passo para ingressar na carreira é um bom curso que introduza o aluno ao desenvolvimento de algoritmos e lógica da programação. Na ActiveInfo esse processo é dinâmico e divertido: os alunos aplicam os conhecimentos elaborando pequenos programas na linguagem de programação Ruby e ao mesmo tempo que recebem uma teoria bem elaborada.

Ou seja, ao término do curso, o aluno já estará apto a escrever seus próprios programas, podendo inclusive, iniciar o estudo de qualquer outra linguagem de programação que desejar.

Como funciona o curso de programação na activeinfo?

Na activeinfo o curso de programação é dinâmico. À medida em que o aluno aprende os conceitos, coloca em prática desenvolvendo pequenos programas na linguagem Ruby.

Temas abordados no curso:

  • Linguagens de Programação

  • Programas de computadores

  • Algoritmo

  • Lógica da Programação

  • Português Estruturado

  • Tipos de Dados

  • Operadores Aritméticos

  • Operadores Relacionais

  • Operadores Lógicos

  • Precedência dos Operadores

  • Variáveis

  • Concatenação

  • Estruturas de Decisão

  • Repetições (loops)

  • Vetores

  • Arquivos

  • Introdução à Linguagem de Programação Ruby;

Investimento:

R$ 330,00 (1 + 2 de R$ 110,00)

Carga Horária: 40h.

Próximas Turmas

Turma Intensiva de Férias! PC400:

  • Dias 14, 16, 17, 20, 21, 22, 27, 28 e 29 de dezembro.

  • Das 19:00 às 22:30.

Pré-Requisitos

Conhecimentos básicos de informática.

* Saiba mais sobre cursos e tutorias, aqui


PSL-Brasil - Curso de Programação de Computadores em Software Livre e plataforma aberta - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Mulheres e software livre é tema de pesquisa - Software Livre

Suggest an article
Mulheres e software livre é tema de pesquisaDecember 17, 2010, by Thaís Rucker - One comment
This article's tags: gêneromulheressoftware livre
Viewed 645 times
 Go back to Comunidade

O projeto de pesquisa, apoiado pelo CNPq, tem o objetivo de compreender as
diferenças de genêro quanto à adoção de tecnologias de informação,
particularmente sistemas operacionais baseados em software livre (como Ubuntu, Mandriva e outras distros). É foco desse estudo buscar entender e
propor soluções para superar as diferenças de gênero na adoção de soluções
livres.

Profissionais mulheres da TI e usuárias de software livre podem contribuir respondendo ao questionário (um com questões fechadas e outro só questões abertas, com investigação mais aprofundada)  nos seguintes links:

*com questões fechadas: http://www.surveymonkey.com/s/AdotaSL_quanti

*com questões abertas: http://www.surveymonkey.com/s/AdotaSL_quali

Mais informação com:
--
Profa. Dra. Anatália Saraiva Martins Ramos
Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Departamento de Ciências Administrativas
twitter.com/anataliasmr
skype: anataliaramos




PSL-Brasil - Mulheres e software livre é tema de pesquisa - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Governador hacker @TarsoGenro – promoverá #CulturaLivre e #GovernoRS transparente - Software Livre

Suggest an article
Governador hacker @TarsoGenro – promoverá #CulturaLivre e #GovernoRS transparenteDecember 21, 2010, by Everton Rodrigues - No comments yet
Viewed 219 times
 Go back to Governos

João Motta, JuliMar, Tulio Zamin, Tarso Genro e Elton Scapini

Por Everton Rodrigues (@GNUeverton)

Nos próximos anos o Rio Grande do Sul passará por profundas transformações a partir da ousadia, coragem e busca da transversalidade na arte de fazer política. A postura e propostas do governador “hacker” Tarso Genro fomentará o desenvolvimento da cultura livre na política que poderá superar os processos fechados e conservadores existentes e que fortalecem a corrupção.

Adequação da estrutura do Estado aos interesses e necessidades da sociedade, firmeza programática e ideológica, transparência, transversalidade, mecanismos de participação popular, integração horizontal, desenvolvimento local, controle social e inclusão digital são questões presentes no vocabulário do governador, que provoca sua equipe de governo a “despir-se de hábitos antigos”.

Para continuar a leitura acesse: http://www.brasilautogestionario.org/2010/12/20/o-governador-hacker-tarsogenro-promovera-culturalivre-e-governors-transparente/


PSL-Brasil - Governador hacker @TarsoGenro – promoverá #CulturaLivre e #GovernoRS transparente - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Lançado Noosfero 0.27.0! - Software Livre

Suggest an article
Lançado Noosfero 0.27.0!December 21, 2010, by Daniela Feitosa - No comments yet
Viewed 346 times
 Go back to Comunidade

Elementais-juntosA versão 0.27 do Noosfero foi lançada! Nesta versão foram incluídas funcionalidades e melhorias muito interessantes que desejamos compartilhar com todos.

Essa versão foi parcialmente financiada pelo Centro de Competência em Software Livre da Universidade de São Paulo (CCSL-USP) através do  Projeto Qualipso e pela Associação Software Livre.org. Tivemos novamente a contribuição do pessoal da Faculdade de Ciência da Computação da Universidade Técnica de Dresden, Alemanha. Incluímos também a documentação sobre a configuração de um servidor XMPP para o chat do Noosfero , escrito pelos nossos amigos da Holoscópio.

Abaixo nós descrevemos as novas funcionalidades e melhorias incluídas nesta versão:

Gerenciamento de conteúdo

A versão 0.27.0 inclui várias melhorias no gerenciamento de conteúdo. Administradores de comunidades passam a poder editar artigos enviados pelos seus integrantes antes de publicá-los (#1733). E até usuários não registrados ou não logados podem sugerir artigos para publicação nos blogs de comunidade. Claro que os administradores das comunidades precisarão revisar as sugestões e aprová-las ou não de acordo com seu julgamento (#1732).

Agora temos um novo tipo de conteúdo: fórum (#1769), que funciona da mesma forma que os já conhecidos fóruns de discussão na internet. Um fórum tem alguns tópicos de discussão, que podem receber comentários dos usuários.

List of topics of a forum

Um fórum e os tópicos de discussão

Como o número de tipos de conteúdo tem aumentado desde o primeiro lançamento público do Noosfero, faltava uma boa interface de usuário para selecionar o tipo de conteúdo quando um item era criado no CMS. Nesta versão corrigimos isso adicionando uma interface muito melhor para criar novos itens no CMS (#1770).

Adding content in the CMS

A nova tela para adicionar conteúdo no CMS.
Melhoria do suporte à internacionalização

Nesta versão incluímos duas novas funcionalidades para tratar as comunidades multilíngues, que são muito úteis quando uma comunidade é usada como um site público.

Primeiro, os artigos agora podem ser traduzidos em muitas línguas (#894). Quando um usuário navega para um artigo que já foi traduzida para seu idioma preferido, ele automaticamente é redirecionado para aquela versão.Os blogs também podem ter múltiplos feeds, um por idioma, e escolher se quer mostrar todos os posts em todos os idiomas ou apenas a melhor versão de cada artigo.

Block language selection

O usuário pode incluir tradução para um artigo e escolher em qual língua o artigo será mostrado.

Segundo, os blocos agora podem ser restritos a um idioma (#1774). Utilizando esta funcionalidade, comunidades multilíngues podem apresentar menus traduzidos e outros tipos de informações nos blocos laterais.

Block language selection

O usuário pode escolher em qual idioma o bloco será mostrado.

Por último, mas não menos importante, esta versão traz uma atualização da tradução para o alemão. Como sempre, a tradução para o Português também está completa.

Alterações do design gráfico

A versão 0.27.0 do Noosfero também inclui algumas melhorias na área de design gráfico.

Os blocos que listam pessoas e comunidades foram melhorados para economizar espaço, permitindo mostrar mais perfis em menos espaço (#1773). Também alteramos os ícones padrão para pessoas e comunidades por ícones mais limpos (#1789).

 

Compact profile listings and the new default icons

Blocos de listagem de perfil ficaram mais compactos. Novos ícones padrão foram adicionados para pessoas e comunidades.

Adicionamos 8 novos temas, que ficarão disponíveis por padrão no já existente, e em constante aperfeiçoamento, tema padrão do Noosfero (#1675). Todos os novos temas são variantes do tema base, e há um tema para cada uma das cores da paleta de cores do projeto Tango. A tela de seleção de tema também foi melhorada para apresentar uma visualização de cada tema.

Theme selection page

 

Bugs corrigidos e funcionalidades removidas

Um bug recentemente introduzido fazia com que as pessoas que tinham mais de um papel na comunidade fossem listados várias vezes nos blocos de listagem de perfis (#1682). Este bug foi corrigido.

Nesta versão, removemos a funcionalidade 'assistente de inscrição' cuja implementação era muito complexa e, até onde sabemos, ninguém utilizava (#1761). Esperamos que com o futuro suporte a plugins (programado para a próxima versão) esse tipo de funcionalidade possa ser implementado de uma forma mais limpa, sem incluir tanta complexidade no código do núcleo do Noosfero.

O que esperar para a próxima versão

Entre outras funcionalidades legais, a próxima versão (0.28.0) vai incluir:

  • Suporte inicial a plugins
  • Busca de conteúdo limitada a um perfil (pessoa comunidade ou empreendimento)
  • Pacote Debian do Noosfero
  • Suporte para comentários aninhados em artigos
  • Processamento de múltiplas tarefas de forma simples
Lista completa das alterações

http://noosfero.org/Development/NoosferoVersion00x27x00

Sobre o projeto Noosfero

O Noosfero é uma plataforma web livre para redes sociais que possui as funcionalidades de Blog, e-Portfolios, RSS, discussão temática e agenda de eventos num mesmo sistema! O Noosfero utiliza a linguagem de programação Ruby com framework Rails e, portanto, suporta bancos de dados, PostgreSQL, MySQL, SQLite entre outros.

Mais informações sobre o projeto Noosfero podem ser encontradas no seu site oficial: noosfero.org. Informações sobre suporte comercial e serviços relacionados podem ser obtidas com a Colivre.


PSL-Brasil - Lançado Noosfero 0.27.0! - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Lançada Comunidade Máquina Virtual Livre para discutir o OpenJDK - Software Livre

Suggest an article
Lançada Comunidade Máquina Virtual Livre para discutir o OpenJDKDecember 21, 2010, by Thaís Rucker - No comments yet
This article's tags: javafislsoftware livreOpenJDK
Viewed 253 times
 Go back to Comunidade

Foi lançada oficialmente em 14 de dezembro de
2010 a Comunidade Máquina Virtual Livre localizada no grupo de
interesse 4CTecBr-Tecnologias Livres. Trata-se de uma comunidade
dedicada a discutir, em português, o uso, testes, e a evolução da
OpenJDK - a Máquina Virtual Java Livre e Aberta. A iniciativa conta
com apoio da comunidade brasileira do OpenJDK.

No dia 22 de Julho, durante o 11º Fórum Internacional Software
Livre, acontecido em Porto Alegre, Serpro, Caixa, Dataprev, MCT/SEPIN,
MP/SLTI e representante da comunidade, assinaram solidariamente o
documento “O governo brasileiro e a máquina virtual Java livre e
aberta” onde demonstram sua preocupação quanto ao futuro da máquina
virtual Java livre – OpenJDK, principalmente depois do processo
judicial envolvendo as empresas Oracle e Google, por quebra de
patentes do uso da máquina virtual Java.

Reconhecendo a importância da Máquina Virtual Java Livre tanto para o
Governo quanto para a sociedade em geral, os signatários firmaram o
compromisso de disponibilização de recursos para essa causa. O
primeiro passo já foi dado: a criação e disponibilização para toda a
comunidade de um espaço destinado a discussões acerca do OpenJDK. Como
próximo passo serão realizados testes em suas aplicações com base no
OpenJDK, reportando os resultados no grupo.

A intenção desta comunidade é servir de ponto central para coletar os
resultados dos testes realizados pelo governo e pela sociedade. A
partir daí a coordenação realizará um trabalho onde agrupará os
principais erros, bibliotecas não incorporadas e de alta relevância,
entre outros.

Para ingressar a Comunidade acesse com seu usuário e senha pelo endereço:
http://www.softwarepublico.gov.br/4ctecbr/maquinavirtuallivre/register/

Para quem não está cadastrado no Portal SPB e deseja se tornar membro
desta comunidade, primeiramente deve realizar o registro através do
endereço:
http://www.softwarepublico.gov.br/4ctecbr/register/user-new

Para assistir aos vídeos do evento realizado em Porto Alegre – FISL
11 acesse:

Máquina Virtual Livre – Parte 1 http://www.youtube.com/watch?v=_jo1Od1CHZI

Máquina Virtual Livre – Parte 2 http://www.youtube.com/watch?v=AZrIPmsO4R4


PSL-Brasil - Lançada Comunidade Máquina Virtual Livre para discutir o OpenJDK - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - A The Document Foundation junta-se à Open Invention Network (Rede de Invenções Abertas) - Software Livre

Suggest an article
A The Document Foundation junta-se à Open Invention Network (Rede de Invenções Abertas)December 22, 2010, by Vitorio Furusho - No comments yet
Viewed 200 times
 Go back to Comunidade

A TDF (The Document Foundation) juntou-se à OIN (Open Invention Network), para ampliar ainda mais os ecossistemas de software livre. Tornando-se um licenciado, A TDF - desenvolvedora do LibreOffice, um software livre de produtividade para escritórios, tanto individual como empresarial - juntou-se à crescente lista de organizações que reconhecem a importância de participar da Open Invention Network, de forma a proteger esse ecossistema de software livre dos riscos associados às patentes de software.


"A TDF é um dos grandes projetos de software livre, e o LibreOffice um dos softwares chaves na criação, administração e compartilhamento de documentos. Ao tornar-se uma licenciada da Open Invention Network, lutamos contra as patentes de software - que reprimem a inovação e incentivam práticas comerciais predatórias - e, ao mesmo tempo, melhoramos as proteções em nossos projetos de software,"  disse Charles Schulz, membro do Comitê Gestor da TDF.

As patentes pertencentes à Open Invention Network são livres de royalties para qualquer empresa, instituição ou indivíduo que concorde não reivindicar suas patentes contra o software livre. Através dessa rede de desenvolvedores, distribuidores, vendedores, revendedores e usuários que licencia seu leque de patentes, a Open Invention Network cria um ecossistema de suporte blindado para assegurar o crescimento e a adoção do software livre e de código aberto. Isso possibilita que os licenciados pela OIN, como a TDF, façam investimentos significativos, ajudando a impulsionar o crescimento econômico.

A OIN acumulou um grande portfólio de patentes, incluindo patentes detidas por instituições de renome. As patentes estão disponíveis para todos os licenciados, como parte desse portfólio de patentes que a OIN está criando, em suporte ao software livre. O acordo de licenciamento está disponível em :

http://www.openinventionnetwork.com/pat_licence_agreement.php.

A página da TDF está em http://www.documentfoundation.org.

A TDF tem como missão facilitar a evolução da Comunidade do OOo para uma nova organização de cunho aberto, independente e meritocrático, nos próximos meses. Uma Fundação independente atende melhor aos valores dos contribuidores, usuários e apoiadores, e possibilitará uma Comunidade mais efetiva, eficiente, transparente e inclusiva. A TDF protegerá os investimentos já feitos com base nas realizações da primeira década, incentivará muito a participação na Comunidade, e coordenará essas atividades.

fonte: http://ur1.ca/2mnnz

* fonte: BrOffice.org


PSL-Brasil - A The Document Foundation junta-se à Open Invention Network (Rede de Invenções Abertas) - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Está disponível para testes o novo release do OpenOffice.org 3.3.0 da Oracle - Software Livre

Suggest an article
Está disponível para testes o novo release do OpenOffice.org 3.3.0 da OracleDecember 22, 2010, by Vitorio Furusho - No comments yet
Viewed 177 times
 Go back to Empresas

Está disponível para testes o novo release do OpenOffice.org 3.3.0 RC8 da Oracle, clique aqui...


PSL-Brasil - Está disponível para testes o novo release do OpenOffice.org 3.3.0 da Oracle - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Revista BrOffice.org edição especial de Natal - Software Livre

Suggest an article
Revista BrOffice.org edição especial de Natal December 22, 2010, by Vitorio Furusho - No comments yet
Viewed 177 times
 Go back to Comunidade

 

CapaEssa edição foi preparada especialmente com o objetivo de mostrar possibilidades. É possível um mundo melhor, mais fraterno, mais humano. Prova disso são as ações de pessoas que se dispõem, muitas vezes, a gastar do próprio bolso para ver a felicidade de uma criança ao receber um brinquedo, ou a satisfação de um poeta sem voz e que, de repente, pode ter suas poesias publicadas para o mundo. Ou ainda, levar conhecimento através de palestras e aliar isso ao sentimento de partilha do Natal incentivando pessoas a doar brinquedos e alimentos.

O mundo do software livre também é um mundo de possibilidades. Em Ecossistema em Software Livre, Cláudio Filho faz uma análise da conjuntura atual dos projetos F/OSS. Wilkens Lenon faz uma retrospectiva das noticias que abalaram o Brasil e o mundo na área de Tecnologia da Informação e toca numa ferida aberta recentemente; o portal Wikileaks. Será que a publicação de documentos secretos faz da Internet um espaço político poderoso nas mãos da Sociedade Civil organizada?

Ainda nessa edição, o início de uma série de entrevistas com desenvolvedores do LibreOffice. Com isso, o leitor poderá conhecer esses profissionais, que, muitas vezes, são avessos às rede sociais, que tem hábitos noturnos e frequentam canais de IRC (Internet Relay Chat), como é o caso do primeiro entrevistado, Norbert Thiébaud.

Aproveitamos para desejar a todos os leitores um Feliz Natal, Boas festas e que em 2011 estejamos aqui firmes com o nosso ideal de levar conhecimento, diversão e espírito de solidariedade.

Para baixar gratuitamente essa e outras edições da Revista BrOffice.org é só acessar: http://www.broffice.org/revista


PSL-Brasil - Revista BrOffice.org edição especial de Natal - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Comunidade Virtual Livre discute evolução da OpenJDK - Software Livre

Suggest an article
Comunidade Virtual Livre discute evolução da OpenJDKDecember 22, 2010, by Vitorio Furusho - No comments yet
Viewed 170 times
 Go back to Comunidade

A Comunidade Máquina Virtual Livre, localizada no grupo de interesse 4CTecBr-Tecnologias Livres será uma comunidade dedicada a discutir, em português, o uso, testes e a evolução da OpenJDK - a Máquina Virtual Java Livre e Aberta. A iniciativa conta com apoio da comunidade brasileira do OpenJDK.

Em Julho, durante o 11º Fórum Internacional de Software Livre, acontecido em Porto Alegre, Serpro, Caixa, Dataprev, MCT/SEPIN, MP/SLTI e representante da comunidade, assinaram solidariamente o documento “O governo brasileiro e a máquina virtual Java livre e aberta” onde demonstram sua preocupação quanto ao futuro da máquina virtual Java livre – OpenJDK, principalmente depois do processo judicial envolvendo as empresas Oracle e Google, por quebra de patentes do uso da máquina virtual Java.

Reconhecendo a importância da Máquina Virtual Java Livre tanto para o Governo quanto para a sociedade em geral, os signatários firmaram o compromisso de disponibilização de recursos para essa causa. O primeiro passo já foi dado: a criação e disponibilização para toda a comunidade de um espaço destinado a discussões acerca do OpenJDK. Como próximo passo serão realizados testes em suas aplicações com base no OpenJDK, reportando os resultados no grupo.

A intenção desta comunidade é servir de ponto central para coletar os resultados dos testes realizados pelo governo e pela sociedade. A partir daí a coordenação realizará um trabalho onde agrupará os principais erros, bibliotecas não incorporadas e de alta relevância, entre outros.

Para ingressar a Comunidade acesse com seu usuário e senha pelo endereço:
http://www.softwarepublico.gov.br/4ctecbr/maquinavirtuallivre/register/

Para quem não está cadastrado no Portal SPB e deseja se tornar membro desta comunidade, primeiramente deve realizar o registro através do endereço:
http://www.softwarepublico.gov.br/4ctecbr/register/user-new

=> Para assistir aos vídeos do evento realizado em Porto Alegre – FISL 11 acesse:

Máquina Virtual Livre – Parte 1 http://www.youtube.com/watch?v=_jo1Od1CHZI

Máquina Virtual Livre – Parte 2 http://www.youtube.com/watch?v=AZrIPmsO4R4

fonte: http://www.softwarepublico.gov.br


PSL-Brasil - Comunidade Virtual Livre discute evolução da OpenJDK - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Creative lança tablets Android - Software Livre

Suggest an article
Creative lança tablets AndroidDecember 22, 2010, by Vitorio Furusho - No comments yet
Viewed 283 times
 Go back to Empresas

A fabricante de produtos de áudio Creative Technology entrou no competitivo mercado de tablets com dois aparelhos Androids de sete polegadas e caracterizados como diferentes dos “aparelhos convencionais que oferecem uma experiência de áudio medíocre”.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece na comunidade de TI e telecom? Assine a nossa newsletter gratuitamente e receba, todos os dias, os destaques em sua caixa de e-mail

Segundo a companhia, ao tocar no botão ligar, o usuário iniciará o aplicativo Pure Android Áudio, que oferece as ferramentas de áudio X-Fi Crytalizer, X-Fi Expand e apt-X, da Creative.

Os aparelhos da linha ZiiO têm sistema operacional Android 2.1 OS, touchscreen, Bluetooth, conectividade Wi-Fi 802.11 b/g, saída HD, uma câmera na frente e microfone. Os dois aparelhos estão disponíveis nas versões com 8GB e 16GB de memória. Eles têm acelerômetro, capacidade de armazenamento de mais de 25 horas de playtime (MP3) e cinco horas de vídeo e slot para cartão microSD, que aumenta a memória do dos gadgets para até 32GB.

Como o iPad e o Galaxy Tab, o ZiiO permite que o usuário se conecte a internet, mande e-mails, e compre aplicativos, jogos e e-books. O tablet com 16 GB de meméria custa US$ 270 e o com 8GB tem preço médio de US$ 250.

* fonte: It web


PSL-Brasil - Creative lança tablets Android - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Google apresenta Chrome OS - Software Livre

Suggest an article
Google apresenta Chrome OSDecember 22, 2010, by Vitorio Furusho - No comments yet
Viewed 274 times
 Go back to Empresas

Diante de uma platéia de repórteres e convidados, o Google apresentou uma atualização do Chrome OS e convidou atendentes e adeptos do sistema operacional a utilizar o notebook ainda sem marca no programa piloto da empresa. O notebook pretende ser rápido, simples e seguro: todas as coisas que um PC comum não é. A InformationWeek americana montou uma galeria de imagens com a apresentação do aparelho.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece na comunidade de TI e telecom? Assine a nossa newsletter gratuitamente e receba, todos os dias, os destaques em sua caixa de e-mail

Ele inicia em segundos e vem com uma sofisticada sandboxing, que, segundo o Google, é mais segura de qualquer sistema operacional.

Quando o Chrome OS chegar, a empresa espera que os negócios sejam interessantes. Executivos de TI estão esperando ansiosamente pelo novo aparelho, intrigados pela promessa de que os computadores são menos caros, menos trabalhosos e mais seguros do que os tradicionais desktops.

* fonte: It Web


PSL-Brasil - Google apresenta Chrome OS - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Minicom recebe contribuições para novo edital do Gesac até 7 de janeiro - Software Livre

Suggest an article
Minicom recebe contribuições para novo edital do Gesac até 7 de janeiroDecember 22, 2010, by Vitorio Furusho - No comments yet
Viewed 177 times
 Go back to Empresas

Representantes do Minicom e de empresas de telecomunicações discutiram ampliação do programa durante audiência pública nesta quinta-feira.

As empresas de telecomunicações terão até o dia 7 de janeiro para encaminhar dúvidas e sugestões ao edital de licitação que prevê a contratação de mais 13 mil pontos de conexão à internet para o Programa Gesac. O prazo foi anunciado nesta quinta-feira (16) durante audiência pública, na sede do Ministério das Comunicações, que reuniu representantes de dez operadoras serviços de telecomunicações e integrantes do Minicom para discutir os termos do edital. As propostas de alteração ao edital deverão ser encaminhadas para o e-mail gesac.desid@mc.gov.br.

Para o diretor do Departamento de Serviços de Inclusão Digital (Desid), Heliomar Medeiros, a audiência pública correspondeu às expectativas e foi uma boa oportunidade de debater com as empresas de forma detalhada a proposta de ampliação do Gesac. O programa leva conexão gratuita à internet a pontos espalhados por todo o país.  Heliomar acredita que o termo de referência do edital de licitação proposto pelo Minicom deverá ter poucas alterações, levando em consideração os questionamentos feitos verbalmente pelos representantes das teles.

Na primeira parte da audiência, o diretor do Desid apresentou um resumo do edital. O documento estabelece que os pontos de conexão à internet deverão ser licitados em seis lotes, distribuídos por regiões urbanas e rurais. A velocidade pretendida para cinco lotes é de 2 Mbps, para conexões via terrestre que deverão ser levadas a capitais, regiões metropolitanas e municípios. Já o sexto lote, que prevê 4,5 mil pontos de presença, é destinado a áreas rurais e prevê uma velocidade de 1 Mbps, com conexão via satélite.

Heliomar ressaltou que, caso não haja viabilidade para a entrega imediata de conexão a 2 Mbps, o edital abrirá a possibilidade de um atendimento provisório aos pontos de presença com velocidade mais baixa, entre 512 Kbps e 1 Mbps. Segundo ele, é preferível contar com uma velocidade menor a deixar o ponto sem atendimento.

Dúvidas
Na parte aberta para perguntas dos participantes, os representantes das teles pediram esclarecimentos sobre o prazo para a entrega dos pontos de presença, o tempo de vigência do contrato e o sistema de registro de preço, entre outros tópicos do edital.

Após prestar esclarecimentos, Heliomar Medeiros ponderou que será avaliada uma possível alteração na modalidade de registro de preços estabelecida pelo edital, principalmente em relação às conexões via satélite, que são escassas e têm bastante procura.

O edital de ampliação do Gesac prevê a licitação dos novos pontos de presença pela modalidade pregão presencial para registro de preços e permite a participação de empresas ou consórcios de empresas.  A escolha do vencedor será pelo tipo menor preço por lote.

No termo de referência, o Minicom estabelece que, após a assinatura dos contratos, as empresas terão prazo de 60 e 120 dias para entrega das primeiras conexões terrestres e via satélite, respectivamente. O prazo de vigência do contrato para os lotes I a V é de 18 meses e, para o lote VI, de 48 meses.

Até o dia 7 de janeiro, o Minicom receberá as propostas e sugestões das teles. A previsão é que o edital definitivo de ampliação do Gesac seja lançado na primeira quinzena de fevereiro de 2011. Já os contratos deverão ser assinados em abril. A expectativa é que as conexões via terrestre comecem a ser instaladas em junho e as via satélite, em agosto do próximo ano.

A audiência pública contou com a participação de representantes das empresas Embratel, Telefônica, Vivo, Oi, Intelig, Telesat, Vat SA, British Telecom, Investiplan e Binário.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Ministério das Comunicações


PSL-Brasil - Minicom recebe contribuições para novo edital do Gesac até 7 de janeiro - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Estados Unidos aprovam neutralidade para as redes fixas - Software Livre

Suggest an article
Estados Unidos aprovam neutralidade para as redes fixasDecember 23, 2010, by Thaís Rucker - No comments yet
This article's tags: estados unidosinternetneutralidade
Viewed 264 times
 Go back to Governos

A Comissão Federal de Comunicação dos Estados Unidos (FCC), órgão regulador de comunicações no país, aprovou na noite de terça-feira (21/12), por 3 votos a 2, um pacote de regras de neutralidade para a Internet, para que para que todos os dados que circulam na rede sejam tratados da mesma forma pelos fornecedores de acesso.

Mesmo assim, não escapou das críticas das associações de consumidores e defensores do livre fluxo de informações no ciberespaço. O motivo? As novas regras permitem exceções no caso das redes móveis, usadas por smartphones e modem 3G.

A aprovação das novas regras sobre neutralidade de rede nos Estados Unidos mereceu críticas também das operadoras locais. Um porta-voz da Verizon se recusou a comentar as notícias que a empresa estaria preparando um processo contra a FCC, mas Tom Tauke, falando em nome da vice-presidência executiva de relações públicas e política da companhia, sugeriu que a luta sobre as regras de neutralidade da rede ainda não terminaran. "A Verizon vai continuar a trabalhar construtivamente com a FCC e o Congresso sobre o assunto", disse em um comunicado.

"Com base no anúncio de hoje, a FCC fez valer sua ampla autoridade para a regulação das redes de banda larga fixa e móvel e da Internet em si." continuou Tauke. "Essa afirmação de autoridade, sem sólidos fundamentos legais, trará incerteza contínua para a indústria, os inovadores e os investidores. No longo prazo, será prejudicial aos consumidores e da nação."

Do outro lado do front da batalha sobre neutralidade, vários grupos de direitos digitais lamentaram as oportunidades perdidas na aprovação da novas regras. Na linha do que a Google e a própria Verizon já haviam sugerido através da famosa proposta conjunta encaminhada aos órgão reguladores, a comissão vai permitir que os operadores de Internet móvel possam fazer alguma discriminação de tráfego, embora com limitações.

Vários deputados contrários à decisão da FCC disseram que tentarão derrubá-la no retorno das atividades parlamentares, no início do próximo ano.

"Desde a sua criação, a Internet prosperou e cresceu sem qualquer regulação federal", afirmou o deputado republicano Cliff Stearns, da Flórida, em um comunicado. "Sem qualquer indício de falha de mercado, a razão para qualquer regulamentação é inexistente. Além disso, os tribunais determinaram que a Comissão Federal de Comunicações não tem jurisdição sobre a Internet."

Outros sugeriram que a ação da FCC era fraca. Para eles, as regras teriam sido fortemente influenciadas por interesses de provedores de banda larga. Entre os que pensam dessa forma está Craig Aaron, diretor da Free Press, um grupo de reforma de mídia que clamava por regras mais fortes.

"Estamos profundamente desapontados com o fato da FCC ter ignorado o apoio esmagador da opinião pública para a neutralidade líquida real, em vez de avançar com as regras da indústria, que pela primeira vez na história da Internet permitem discriminação online," disse Aaron em um comunicado. "Este processo foi uma oportunidade desperdiçada de promulgar regras claras e significativas para salvaguardar normas equitativas na Internet e proteger os consumidores."

Fonte: IDGNow


PSL-Brasil - Estados Unidos aprovam neutralidade para as redes fixas - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Está no ar o novo beta do Firefox 4.0 b8 para testes - Software Livre

Suggest an article
Está no ar o novo beta do Firefox 4.0 b8 para testesDecember 23, 2010, by Vitorio Furusho - No comments yet
Viewed 315 times
 Go back to Comunidade

http://www.baixaki.com.br/imagens/68232/111744.jpg

A Mozilla é, possivelmente, uma das empresas com melhor estratégia para beneficiar o usuário final do navegador alternativo mais utilizado atualmente. O Firefox tem conquistado uma legião de usuários e programadores justamente por oferecer segurança, velocidade e novos recursos.

De tempos em tempos a Mozilla lança versões do tipo “Developer Preview” (Prévia para o desenvolvedor). Essas versões ganham o nome de Minefield, pois são aplicativos que não possuem estabilidade perfeita, fator que as torna verdadeiros “campos de minas”.

O Minefield é um navegador bem interessante para desenvolvedores, pois traz os recursos da nova versão. Apesar de ele ainda não ser estável, os programadores podem utilizar as novidades da Mozilla para criar novos aplicativos e conteúdos para o navegador.

A mais recente versão do Mozilla Firefox Developer Preview chamou muita nossa atenção, pois traz algumas mudanças bem significativas, tanto visuais como em relação ao seu desempenho. Como nosso foco é sempre trazer os melhores conteúdos para o público interessado em tecnologia, resolvemos compartilhar esta versão com todos os usuários do Baixaki.

Atenção! Versão para testes

Este software NÃO DEVE substituir seu navegador padrão e recomendamos que você NÃO ACESSE contas de email ou de banco usando este software. Apesar de não ocasionar erros, o Minefield não é recomendado para uso diário, porque ainda existem algumas brechas e falhas no código do programa.

Visual renovado

Se você acompanha o Baixaki constantemente, deve ter visto o artigo sobre o Firefox 4. Caso você não tenha lido, talvez se surpreenda com algumas alterações que a Mozilla está planejando. Uma das grandes novidades é a possibilidade de usar as abas no topo. Obviamente, o recurso não vem ativado por padrão, por isso você deve efetuar os seguintes passos para visualizar as abas na nova posição:

1) Clique no menu “View” (Visualizar);

2) Acesse a opção “Toolbars” (Barras de Ferramentas);

3) Marque a opção “Tabs on Top” (Abas no Topo).

Abas no   topo

Além dessa novidade, a Mozilla incluiu o novo menu na mais recente versão do Minefield. Vale salientar que este recurso também não é ativado por padrão e não há uma opção específica para habitá-lo, todavia, há um pequeno truque que possibilita o uso do menu “Minefield” (nome temporário que será alterado na versão final do navegador).

Retirar   a Menu Bar

Centralizado em um botão

Se o visual do navegador promete uma interface mais limpa e despoluída, isso pode ser percebido na centralização de muitas funções no botão “Minefield”, que depois do lançamento oficial deverá se chamar Firefox.

Caso isso não agrade ao usuário, acessando a opção “Customize” e clicando em “Menu bars” você ativa os menus na parte superior da tela, como sempre foi utilizado no browser da Mozilla.

Visualização de complementos

Antes alguns usuários – principalmente novatos no Firefox – tinham problemas em gerenciar os complementos e, muitas vezes, acabavam não tirando o máximo possível da função pelo fato de simplesmente não conseguirem.

Firefox 4.0b2 pre

Nesta nova versão os complementos são expostos em uma aba separada, chamada de “Add-ons Manager”, e não numa janela popup como antigamente. O menu lateral do gerenciador facilita muito o acesso a quaisquer complementos, demonstrados separadamente e com informações a seu respeito.

Mais leveza e velocidade na navegação

Um dos problemas antigos e brutalmente atacados pelos seus críticos sempre foi o consumo de memória do Firefox. Nesta nova versão, ele caiu dos 200 MB de RAM, habituais no uso do Firefox 3.6, para em média 175 MB, mesmo com algumas oscilações.

Firefox 4.0b2 pre

Como um dos pontos-chave mais importantes para os navegadores, a velocidade de navegação também mudou, e ficou mais rápida. Isso se deve principalmente à utilização do Direct2D, um recurso que acelera o processo de carregamento quando existem imagens e diversos elementos na página. Esta ferramenta não significa um “peso” a mais para o navegador, pois funciona perfeitamente em quaisquer máquinas, até mesmo em computadores com configurações mínimas.

Vídeos com o novo codec WebM

Há algumas semanas o Baixaki anunciou a chegada do novo K-Lite Codec Pack, o qual trazia suporte para o codec WebM. Todavia, até então os conteúdos que o usavam estavam escassos e usuários comuns não podiam visualizar vídeos na internet com o WebM.

Com a versão atual do Mozilla Firefox Developer Preview já é possível conferir vídeos no YouTube utilizando o WebM em conjunto com o HTML5. O navegador já vem com o codec habilitado, sendo que o usuário precisa realizar algumas etapas no próprio YouTube para acessar vídeos com o novo codec. Confira:

1) Acesse o YouTube;

2) Realize sua busca. Preferencialmente busque por conteúdos internacionais (o termo “trailers” resulta em diversos vídeos compatíveis), pois não há muitos vídeos convertidos para HTML5;

3) No campo de endereços acrescente o seguinte ao final da URL: “&webm=1”

4) Clique no vídeo desejado;

5) O vídeo deve aparecer como na imagem abaixo, com o logo “HTML5 + WEBM” na parte inferior da player de vídeo.

Vídeo em   reprodução com HTML5 e WebM

Análise completa

Os recursos acima são apenas alguns dos tantos elementos surpresa que a Mozilla pretende inserir na versão 4 final do Firefox. Se quiser saber maiores informações, leia o artigo Firefox 4: primeiras impressões e fique ligado no Baixaki para conhecer mais sobre as novidades acessíveis na mais recente versão do Mozilla Firefox Developer Preview.

Faça download aqui

* fonte: Baixaki


PSL-Brasil - Está no ar o novo beta do Firefox 4.0 b8 para testes - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,