O Mundo do Software Livre muito além do Linux! (Notícias e Dicas)

Aúncio


quarta-feira, setembro 26, 2012

PSL-Brasil - Oficina de software livre em Porto Alegre - Software Livre

Viewed 128 times

Aprender a instalar alguma distribuição Linux na sua máquina, particionar o HD ou simplesmente compartilhar arquivos. Essa é a a proposta da oficina “Abandonando o copyright” que acontecerá na próxima quarta-feira, dia 19 de setembro, das 15 às 18 horas no Espaço Deriva, que fica na Rua Ramiro Barcelos, 1853, em Porto Alegre.

Você pode obter mais informações e confirmar presença direto no evento criado no Facebook ou na página do Espaço Deriva.


PSL-Brasil - Oficina de software livre em Porto Alegre - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - IV Fórum da Revista Espírito Livre acontecerá em outubro - Software Livre

Viewed 717 times

Em outubro o municiípio de Serra, no Espírito Santo, receberá o Fórum da Revista Espírito Livre. Será a quarta edição deste evento que nasceu com a proposta de percorrer o Brasil. A grade de programação contará com palestras de grande relevância, além de minicursos. As duas primeiras edições do Fórum ocorreram na Região Metropolitana de Vitória e a terceira edição acontecerá em setembro de 2012 em Colatina, também no ES.

 

O evento nasceu para encurtar as distâncias entre leitores e colaboradores da Revista Espírito Livre, além de criar um ecossistema sustentável para a publicação. O fato de vários eventos estarem ocorrendo em um curto espaço de tempo demonstra a necessidade, principalmente local, de organizar eventos de qualidade com temas relevantes e importantes para o público que tem alguma relação com tecnologia e software livre.

O IV Fórum da Revista Espírito Livre também estará diferente em relação as outras duas primeiras edições ocorridas próximas a capital. A edição contará com uma trilha paralela contendo vários minicursos e workshops sobre diversas temáticas, abordando não somente as palestras no salão principal, mas uma junção de teoria e prática.

O evento acontecerá na UCL Manguinhos, Rodovia ES 010 – Km 6 – Manguinhos – Serra/ES, no dia 04 de outubro de 2012, de 8hs às 22hs. A ficha de inscrição, grade de programação e demais informações podem ser encontradas no site oficial.

Para ajudar na divulgação basta direcionar seus contatos para o site oficial ou publicar os banners produzidos pela organização, que também podem ser encontrados no portal.

A ASL, através da TV Software Livre, é parceira do evento.


PSL-Brasil - IV Fórum da Revista Espírito Livre acontecerá em outubro - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - LatinoGEO: as novidades do Geoprocessamento na Latinoware 2012 - Software Livre

Viewed 504 times

Em 2012, espaço para será ampliado e contará pela primeira vez com um palestrante internacional.

 

Esta não é a primeira vez que a Latinoware abre espaço para uma das áreas que mais se desenvolveu nos últimos anos com o uso do software livre: o Geoprocessamento. Também chamada de Geomática ou Georreferenciamento, neste ano a área recebe uma trilha dedicada a tratar de temas sobre o assunto – a LatinoGEO – que irá realizar um programa integrado de palestras, minicursos e atividades do setor.

Pela primeira vez, o evento terá um palestrante internacional. Jody Garnnet, membro fundador da Open Source Geospatial Foundation e presidente do comitê de incubação da fundação será o responsável por transmitir o conhecimento sobre as atuais estruturas que sustentam o geoprocessamento livre no mundo além das tecnologias disponíveis para consumo. De acordo com Rafael Soto (à direita), organizador da Trilha, “para romper uma velha barreira que inibe a participação de entusiastas e iniciantes, este ano o programa da trilha focou em palestras e minicursos introdutórios onde a geomática será tratada também em formato básico e informativo não sendo necessário em alguns dos eventos disponíveis pré-requisitos de conhecimento na área.”

Confira a programação completa:

- Luís Lopes, especialista em geoprocessamento do IMAP do Amapá, vai apresentar o movimentado \“Quebrando tabus: software livre em geoprocessamento também faz!\” (#SLGeoTbFaz). A palestra consiste na apresentação, principalmente aos iniciantes na área, que softwares livres de SIG(Sistemas de Informação Geográfica) possuem as mesmas ferramentas presentes em um software proprietário, executando as tarefas primária e avançadas com a mesma eficiência para fins acadêmicos e/ou profissionais. O palestrante promete arrancar alguns gritos da plateia demonstrando alguns cenários de substituição na prática.

- Jonatan This e Cesar Habby, ambos analistas de sistemas em geoprocessamento da Fundação Parque Tecnológico Itaipu(FPTI), vão apresentar um estudo de caso no uso de software livre baseado na plataforma Java para desenvolvimento de sistema de mapas interativos na web. Na palestra Jonatan e Habby vão compartilhas um pouco do trabalho apresentando as tecnologias JSF 2.0, Primefaces e HSLayer (OpenLayers + ExtJs) que foram aplicadas a solução.

- Jody Garnett promete ter uma participação bastante ampla apresentando três palestras: na primeira, com uma palestra focada no público técnico, mostrará as novidades do servidor de mapas livre mais popular do mundo – o GeoServer 2.2 e a biblioteca livre para desenvolvimento de aplicações geoespaciais na plataforma Java (Geotools); na sequência será a vez de apresentar um tour sobre os principais projetos livres que são mantidos e patrocinados pela OSGEO.

Para finalizar, em “The State os OSGEO – Open Source Geospatial Foundation”, ele irá apresentar o estado da arte e os atuais objetivos da fundação, a estrutura de colaboração e governança atualmente em vigência, além de como funciona o processo de incubação de projetos e diversos outros assuntos institucionais. “Será a primeira palestra deste seguimento da OSGEO no Brasil. Esperamos incentivar o público brasileiro e latino-americano a contribuir com os projetos e até mesmo submeter suas idéias”, destaca Rafael Soto, organizador da Trilha.

- Benício Ribeiro (#larsurilch), com vasta experiência de mercado no desenvolvimento de aplicações para web e atualmente em especial para a area de webgis, vai mostrar as novidades do mundo geo opensource para atender o mercado de aplicações móveis na plataforma Ruby on Rails. Na palestra, irá compartilhar com o público sua experiência de desenvolvimento mobile utilizando o que há de mais moderno em tecnologias para web: HTML5, CSS 3, Rails, jQuery Mobile, RGeo, Leaflet e PostGIS. Figura conhecida por apresentar palestras de inovação nas edições anteriores, este ano utilizando a plataforma Rails larsurilch afirma “Vamos colocar o geo mobile nos trilhos e mostrar como as tecnologias atualmente disponíveis para geo mobile estão vindo com seus encaixes mais lapidados. Mesmo sendo oriundas de grupos distintos conseguem se integrar perfeitamente e facilitar a vida do desenvolvedor a cada dia que passa.”

- Fred Estrela atualmente trabalha como líder de desenvolvimento na empresa Cobra do Banco do Brasil, tem investido esforços na evolução da iniciativa demoiselle-spatial e componentes geo para aplicações móveis GEODROID(Geo + Android). Em sua palestra, irá abordar a integração do framework livre demoiselle com a iniciativa demoiselle-spatial para o desenvolvimento de soluções geoespaciais corporativas mantendo o conceito de alta padronização e produtividade.

- Wille Marcel Lima, também faz parte da programação da LatinoGEO, com a palestra “OpenStreetMap – Use e ajude a construir mapas livres”, na qual irá apresentar exemplos interessantes de uso da ferramenta e mostrar como é fácil e divertido colaborar com o projeto. Wille também vai coordenar um trabalho colaborativo inovador denominado “mapfest”. “Vamos mapear a área da Itaipu Binacional utilizando diversas técnicas. Utilizaremos alguns aparelhos de GPS para traçar caminhos e vias, câmeras fotográficas para registrar pontos de interesse e também anotações em mapas impressos. Além disso, utilizaremos também a foto de satélite”, destava Wille. Mais informações sobre o “MapFest” em: http://2012.latinoware.org/?p=1179


PSL-Brasil - LatinoGEO: as novidades do Geoprocessamento na Latinoware 2012 - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Software Livre na Universidade - chamada de colaborações - Software Livre

Viewed 369 times

 

Chamada de Artigos para Revista Advir 29

O Conselho Editorial torna pública a chamada de artigos para a Revista ADVIR, edição de número 29, sob os seguintes critérios:

Tema Central (seção Ponto de Vista): “Software Livre na Universidade, Sociedade digital e a questão da autoria” (A situação do software livre na universidade; Inclusão digital; Cibercultura; Direito autoral; Patentes e Licenças de Software; Creative Commons; e temas correlatos.)

Outras seções: tema livre, observando-se as características de cada seção descritas abaixo.

Prazo para envio de artigos: 13/9/2012 a 29/10/2012.

Forma de envio: somente pelo e-mail advir@asduerj.org.br

Normas para submissão de artigos em www.asduerj.org.br.


PSL-Brasil - Software Livre na Universidade - chamada de colaborações - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Pinguins gamers, 2013 será o ano dos jogos no Linux! - Software Livre

Viewed 405 times

 

Em seu blog oficial sobre a Steam para Linux, a Valve liberou um post falando sobre a performance do primeiro port da empresa para o pinguim, o aclamado ‘Left 4 Dead 2′. As informações são animadoras. Imagem: Divulgação

Ignorado por muitos anos como plataforma de jogos pelos grandes estúdios, o Linux vive um novo momento, principalmente após o anúncio de importantes parcerias no setor. É o que Julian Fernandes irá abordar em sua palestra na Latinoware 2012. Confira a nossa entrevista com o palestrante:

1. Qual o conteúdo da sua palestra na Latinoware?

A palestra será voltada para o público gamer, não para programadores. A ideia é mostrar que podemos nos divertir usando Linux também, e que não é necessário deixar o Windows em dual boot para jogar.

Nela irei mostrar alguns jogos interessantes desenvolvidos pela comunidade e por algumas empresas focadas no assunto, além de deixar todos por dentro das recentes notícias e teorias da área.

No geral, é uma palestra feita de um gamer para gamers.

2. Como está atualmente o mercado de games desenvolvidos em código aberto? Apresentou crescimento e evolução nos últimos anos?

Falando de Brasil, não tenho informações sobre o assunto, visto que infelizmente a comunidade open source gamer brasileira parece não conhecer o poder do marketing online.

No mundo, ele está crescendo, como é esperado. Com novas engines sendo liberadas, o trabalho também fica mais fácil. Em relalção a engine e programação, estamos muito bem servidos.

Infelizmente faltam designers na área, fazendo que os assets dos games open source sejam bastante precários comparados aos seus concorrentes proprietários, o que causa um preconceito quanto a esses jogos, visto que nessa geração, infelizmente, preza-se pelo aspecto visual ao invés do conjunto como um todo.

No geral o mercado tem crescido. Temos novos jogos open source aparecendo, novas engines sendo liberadas, mais pessoas se interessando… mas essa é uma área que continua sendo dominada pelo código proprietário.

3. Ainda há muito preconceito com os games em SL?

Há muito preconceito, principalmente pela parte gráfica. Os usuários preferem fazer dual boot pois os games open source não atingem a mesma qualidade gráfica dos games proprietários, e mesmo quando não atingem, pecam pela falta de um bom modo single player.

A tendência é que esse preconceito continue por bastante tempo, mas há de se dizer que ele já foi muito pior.

4. O tema da sua palestra aponta que 2013 será o ano dos Games em Linux. Quais são os grandes destaques do ano? O que podemos esperar de novidades futuras?

A grande novidade é, sem sombra de dúvidas, a vinda da Steam para o Ubuntu. A Valve está investindo pesado na área, portanto seus próprios games e conversando com outros estúdios para fazerem o mesmo.

Outra novidade que está mudando o cenário é a vinda da engine Unity, responsável por muitos jogos, principalmente em smartphones. Com a vinda da engine inúmeros projetos promissores apareceram no Kickstarter, uma plataforma de crowdfunding.

E pra finalizar, também temos a parceria fechada entre a Canonical e a Eletronic Arts, com a empresa publicando alguns jogos diretamente na Central de programas do Ubuntu e certificando hardware para jogos com Ubuntu. Apesar dos planos da empresa para o Ubuntu serem pequenos ainda, o fato de terem fechado essa parceria, mostra que a mesma está de olho no sistema operacional laranja.

Creio que o correto seria dizer que 2013 é o ano dos games no Linux, visto que apesar da Valve ter prometido um beta para esse ano, a versão estável só chega em 2013, assim como a engine Unity.


PSL-Brasil - Pinguins gamers, 2013 será o ano dos jogos no Linux! - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Provas LPI estão confirmadas para a Latinoware 2012 - Software Livre

Viewed 152 times
 Go back to Empresas

Como tradicionalmente acontece, as provas de certificação LPI serão realizadas mais uma vez na Latinoware deste ano. As provas LPI 101, 201, 301, 303, 102, 202, 302 e 304 serão aplicadas pela 4 Linux nos dias 17 e 18 de outubro, das 11h às 12h30. As inscrições devem ser realizadas pelo link http://www.lpibrasil.com.br/inscreva-se. No site também estão mais informações sobre o conteúdo das provas.


PSL-Brasil - Provas LPI estão confirmadas para a Latinoware 2012 - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - As experiências da utilização do software livre na educação - Software Livre

Viewed 78 times
 Go back to Comunidade

Mais uma vez, a programação da Latinoware irá abrir espaço para as novidades do uso do software livre nas salas de aula de todo o Brasil. Neste ano, uma equipe de 25 pessoas irá comandar uma série de palestrar na Trilha e também na integração com a parte da robótica livre.

Confira a nossa entrevista com Frederico Guimarães, um dos fundadores do grupo Software Livre Educacional. Ele nos conta sobre a programação do grupo no evento e também detalhes sobre o LibrEdu, um espaço criado para agregar as ideias da comunidade sobre o setor. “Na Latinoware teremos uma reunião oficial do grupo, quse rá no dia 18, às 10 horas. Todos os grupos de usuários e pessoas interessadas na discussão do uso educacional de softwares livres são muito bem-vindos para participar da nossa reunião”, convida.

Quais as atividades relacionadas ao SL na educação serão realizadas na Latinoware 2012 e quais as principais novidades?

Existem diversas palestras na trilha educacional desse ano, tratando dos mais diversos temas, entre eles: educação inclusiva, terminais leves para laboratórios, estudos de caso, softwares e distribuições educacionais e as contribuições filosóficas do movimento de software livre para a educação.

A novidade mais interessante desse ano é que a trilha de educação está trabalhando em conjunto com a de robótica livre para a estruturação de atividades em comum, especialmente oficinas, que ocorrerão no espaço da robótica. Teremos também uma reunião do grupo LibrEdu, que é uma iniciativa para se estruturar uma federação latino-americana de grupos que discutem educação e software livre.

Em 2011, além da Latinoware, Frederico também veio ao PTI apresentar exemplos de softwares abertos que podem ser utilizados em sala de aula e em projetos de inclusão digital.

Quando e por que surgiu a intenção de criar o LibrEdu? Qual o objetivo do grupo?

A proposta original do LibrEdu foi pensada no Fórum Internacional de Software Livre (FISL) de 2011, com uma conversa entre o grupo brasileiro Software Livre Educacional e os grupos argentinos SoLAr e Gleducar. Nesse encontro informal discutiu-se que existem diversas iniciativas isoladas de discussão sobre educação e software livre em vários países da América Latina, mas que não interagem entre si. Com isso surgiu a ideia de organizarmos um coletivo que agregasse esses grupos, reunindo informações, divulgando notícias e oferecendo subsídios para os trabalhos desses grupos.

Nossa ideia evoluiu e agora já iniciamos os trabalhos de organização do grupo. Para isso, realizamos uma reunião presencial durante o FISL desse ano (2012), que gerou a ata disponível (temporariamente) nesse endereço: http://miniurl.org/libredu1

E como decorrência desse encontro, realizamos outro, dessa vez à distância, em uma sala de IRC. A ata e as proposições desse encontro estão em fase final de consolidação e serão disponibilizadas em nossa página assim que estiverem prontas. Nosso endereço é o http://libredu.org

A ideia é sermos um espaço de agregação. Por isso, ao invés de criarmos uma estrutura totalmente nova e independente, estamos pesquisando ferramentas on-line que trabalhem de forma distribuída, preferencialmente federada, de forma que os grupos continuem com seus trabalhos normais e a nossa infraestrutura faça a agregação disso.

Em que fase se encontra o LibrEdu? Há ações planejadas também durante a Latinoware?

Estamos agora na fase de estruturação do nossa infraestrutura digital, divulgação do grupo e construção dos nossos modelos de trabalho. É um
momento de bastante trabalho e é o ideal para quem quiser começar a colaborar conosco.


PSL-Brasil - As experiências da utilização do software livre na educação - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Comunidade Ubuntu irá promover encontro latino-americano de usuários na Latinoware - Software Livre

Viewed 196 times
 Go back to Comunidade

m: setembro 18, 2012 as 11:36 por Imprensa

A comunidade Ubuntu reserva muitas surpresas para a Latinoware 2012. Na maior participação da história do grupo no evento, eles pretendem realizar gincanas, sorteios, instalações e demonstrações do trabalho desenvolvido ao público, além de mostrar os seus produtos em um estande da exposição.

De acordo com Ayrton Araújo, integrante da comunidade brasileira do Ubuntu, o objetivo principal no evento é o de recrutar novos colaboradores. “Estaremos ensinando em tempo real como colaborar com o segmento de mais afinidade, fundar novos times e bater o recorde de colaborações no período de três dias. Também faremos uma homenagem a alguém que esteve entre os três maiores tradutores da história do Ubuntu: o nosso grande amigo André Gondim”.

Entre os palestrantes estarão Tiago Hillebrandt, da comunidade Ubuntu-BR-SC; Julian Fernandes, referência por seus artigos no site da comunidade; Pablo Rubianes, líder da comunidade Ubuntu no Uruguay; Marta Vuelma, LPIC-3 e representante da Ubuntu-BR-RS; Úrsula Junque, Ubuntu Defect Analyst na Canonical; além de André Noel, o programador real do blog “Vida de Programador”.

Confira a entrevista completa com Ayrton Araújo:

- O que o usuário Ubuntu pode esperar da programação deste ano da Latinoware?

Estamos nos organizando há quatro meses e esperamos que esse ano tenhamos a melhor participação da história da comunidade Ubuntu na Latinoware. Teremos muitas novidades e surpresas.

- Quais os assuntos sobre a plataforma serão discutidos no evento?

Esse ano estaremos focando num contexto mais prático do uso do Ubuntu. Focando em palestras mais técnicas para mostrar o potencial da plataforma como um todo e muito hands on. Estamos apostando num formato mais prático e descontraído de palestras, para permitir que os participantes possam interagir e aprender em tempo real. Algumas palestras serão em grupo para maior interação com o público.

Os tópicos serão: as vantagens da utilização do Ubuntu no meio corporativo e como plataforma de desenvolvimento; Hardening do Ubuntu Server; Servidor proxy descomplicado com Ubuntu Server; empacotamento; desenvolvimento de lentes para o Unity; colaboração de traduções em tempo real; apresentação do novo Ubuntu; além de uma palestra sobre games e quem sabe o beta do steam. Além, é claro, de outras surpresas!

- Quais foram as novidades do sistema operacional neste ano? E o que esperar para o futuro?

Fora melhorias de segurança, desempenho e maior compatibilidade de hardware, teremos muitas melhorias no Unity, onde estaremos abandonando o desenvolvimento do Unity 2D, pois o Unity 3D será compatível com máquinas sem aceleração gráfica e terá um desempenho bastante satisfatório nas mesmas.

Contaremos com novas features nas famosas lentes do Unity, além de suportar novos tipos de integração com elas, como Webapps. Também estamos na esperança da largada da era dos games no Linux, com o beta do steam saindo em breve e em exclusividade para o Ubuntu, conforme anunciado pela Valve.

Falaremos sobre cada um desses pontos na Latinoware. Logo, não deixem de conferir.

Quanto às novidades futuras, estou com o Mark na aposta de que a próxima versão LTS do Ubuntu, que saíra em alguns anos, será a melhor e mais humana plataforma já desenvolvida, independente do segmento dominante (desktop, computação modular, smartphones, smart tvs).

Quanto ao release 13.04, temos presença confirmada no próximo UDS, na Dinamarca, onde vamos estar ajudando a votar nas novas features da distribuição. Uma semana depois da Latinoware, vocês ficarão sabendo das nossas apostas e opiniões no Encontro Latino Americano de Usuários Ubuntu. Não deixem também de acompanhar os anúncios da comunidade Ubuntu nos veículos de notícias Linux brasileiros mais conceituados e assistir ao vivo aos vidcasts semanais “Papo de Buteco“, realizados pelo Ubuntu-BR-SC


PSL-Brasil - Comunidade Ubuntu irá promover encontro latino-americano de usuários na Latinoware - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - USP adota o Noosfero para desenvolvimento de pesquisas e de uma rede social acadêmica - Software Livre

This article's tags: QualiPSoSTOAUSPRedes SociaisRede SocialNoosfero
Viewed 292 times
 Go back to Empresas

A Universidade de São Paulo (USP) fortalece a cada dia o uso e desenvolvimento do software Noosfero: a plataforma livre para redes sociais, criada pela Colivre e adotada em diferentes regiões do Brasil e do mundo.

Desde o final de 2010, o Noosfero passou a ser usado por pesquisadores do Centro de Competência em Software (CCSL-USP), na linha de pesquisa de Sistemas de Software do Instituto de Matemática e Estatística (IME). Nesse projeto da USP, o Noosfero foi adaptado para ter uma infraestrutura de plugins, funcionando assim como a plataforma base do Mezuro, uma rede sócio-técnica de avaliação de código-fonte através da coleta e visualização de métricas software. 

 

Outro exemplo de uso do Noosfero na USP foi implantação da rede social do QualiPSo (Quality Platform for Open Source Software)  - um projeto da Comissão Europeia para promover e estimular o uso de software livre na indústria, que envolveu 8 países e seus respectivos centros de competência em software livre. Em 2011, para a rede social do QualiPSo, por exemplo, houve a implementação dos fóruns de discussão - uma funcionalidade que foi disponibilizada para toda as redes que usam Noosfero.

No primeiro semestre de 2011, o Noosfero foi analisado (juntamente com outras plataforma livres como o Elgg e Buddypress) por uma equipe formada por estudantes e professores da USP, para definirem qual plataforma adotar na nova versão da rede social da universidade, chamado Stoa. Após um debate aberto na internet, o  Noosfero foi escolhido para dar vida a essa nova rede social "uspiana". 

Hoje, há uma versão no ar, para homologação do novo Stoa, até o fim do segundo semestre de 2012, o que permitirá testar as novas funcionalidades que estão sendo desenvolvidas pela Colivre.  A previsão é que no início de 2013, após a migração dos dados existentes na atual rede social do Stoa, essa nova rede acadêmica seja divulgada ao público com muitas novidades.

  

A maioria das funcionalidades implementadas para o Stoa já estão disponíveis no Noosfero para as demais redes e quem for adotá-lo a partir de agora. A USP entende seu papel como parte da comunidade software livre, colaborando com investimentos ou escrevendo código, e vê de forma positiva a comunidade de usuários do Noosfero, em suas diferentes redes, se beneficiarem das novas funcionalidade e melhorias feitas no contexto do Stoa antes mesmo da própria USP. Aproveite você também!


PSL-Brasil - USP adota o Noosfero para desenvolvimento de pesquisas e de uma rede social acadêmica - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Novo lançamento da Distro Brasillinux SL Desktop e Notebook - Software Livre

Viewed 224 times
 Go back to Comunidade

Novo lançamento da Distro Brasillinux SL Desktop e Notebook.

Customização Brasileira em Português-Brasil, Base Debian Squeeze incluindo Firefox, LibreOffice 3.6, firmaware wifi B43, Menu Mint,etc  Kernel 3.5.1 após instalação, Instalador em Português-BR.
Screenshot: http://www.brasillinux.org/tela.png
Download LiveDVD com instalador:
http://www.brasillinux.net/brasillinux/brasillinuxSL.iso

www.brasillinux.org


PSL-Brasil - Novo lançamento da Distro Brasillinux SL Desktop e Notebook - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Latinoware 2012: “Qualquer pessoa pode contribuir com o KDE”, destaca Aracele Torres - Software Livre

Viewed 208 times
 Go back to Comunidade

No ano passado, em meio a um clima de nostalgia, o KDE – segunda maior comunidade de software livre do mundo – comemorou na Latinoware os seus 15 anos de atividades. Na plateia, velhos conhecidos puderam recordar de ações importantes desenvolvidas pelo grupo durante a sua trajetória.

Para esta edição, um dos objetivos do KDE será mostrar que qualquer pessoa pode se envolver e contribuir com o grupo, independente do nível de conhecimento técnico do usuário. “Muitas pessoas ainda tem a impressão de que apenas escrevendo códigos é que se pode ajudar uma comunidade de software livre. A minha ideia é apresentar outras possibilidades e a importância delas também dentro do ciclo de produção de um software livre”, comenta Aracele Torres, que será uma das palestrantes do evento.

No ano passado, o KDE comemorou os seus 15 anos de atividades: grupo atualmente conta com mais de 2 mil colaboradores em todo o mundo

No ano passado, o KDE comemorou os seus 15 anos de atividades: grupo atualmente conta com mais de 2 mil colaboradores em todo o mundo.

Em sua palestra, ela irá apresentar algumas dessas possibilidades, como as áreas de tradução, promoção, artwork, documentação, empacotamento de software e testes. Confira a entrevista completa:

- Qualquer pessoa pode participar deste fascinante mundo do software livre?

Sim. O fundamental para se envolver na comunidade de software livre é estar interessado em contribuir.

- Quais as principais dificuldades dos “novatos” na área e como elas podem ser diluídas?

Acho que muitos deles desconhecem o clico de produção de um software livre, não sabem, por exemplo, que qualquer um pode contribuir e que a participação nesse ciclo é voluntária e baseada na meritocracia. Por estarem muito acostumados ao software proprietário tendem a acreditar que o software livre trabalha também com o mesmo sistema de hierarquias. No caso dessa dificuldade, acredito que o ideal seja que as comunidades de software livre procurem sempre apresentar aos novatos os mecanismos básicos de funcionamento delas e as possibilidades de inserção e colaboração que elas oferecem.

- Como a pessoa pode contribuir para o KDE? Por onde começar!?

São várias as formas. Se você sabe programar e gostaria de contribuir com código, existem vários programas com os quais você pode ajudar a desenvolver. O primeiro passo praa quem quer começar é se envolver na comunidade, isso pode ser feito, por exemplo, através da participação nas listas de email do KDE. Para quem quer se envolver com o KDE no Brasil, recomendo se inscrever na lista KDE-Br (https://mail.kde.org/mailman/listinfo/kde-br) e começar a conhecer melhor nossas atividades.

Também recomendo duas ótimas páginas, em que é possível encontrar vários tutoriais e informações importantes sobre o KDE e como contribuir com ele: a KDE TechBase e a KDE UserBase.


PSL-Brasil - Latinoware 2012: “Qualquer pessoa pode contribuir com o KDE”, destaca Aracele Torres - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Versão final do Expresso 2.4.2 é lançada oficialmente na comunidade - Software Livre

Viewed 263 times
 Go back to Comunidade

 


O sistema de anexos é um dos destaques da nova versão.

Após a realização de testes e reparos, na última terça-feira (18 de setembro), o Expresso 2.4.2 Final foi lançado oficialmente na comunidade. A nova versão traz uma série de novas funcionalidades e está disponível na seção de downloads do site do Expresso Livre: (http://goo.gl/Dp1jC).

De acordo com o diretor-técnico da Prognus, William Merlotto, “a cada nova versão do Expresso está sendo melhorado o processo de desenvolvimento, testes e suporte, além, claro, das funcionalidades”.

Entre as nove melhorias implementadas na versão 2.4.2-Beta do Expresso, algumas merecem destaque por facilitar bastante a vida do usuário em diversas tarefas do gerenciador. Mais informações sobre as melhorias e imagens das telas estão disponíveis no link: http://goo.gl/gYoxh.

- Suporte à tarefas na Nova Agenda

- Possibilidade de alertas desktop ao usuário

- Configuração de horário nos alarmes de acompanhamento de mensagens

- Atualização automática do status de participantes de eventos via parser de e-mail

- Tornar opcional a resposta de confirmação de leitura

- Considerar assunto de mensagens como nome de arquivo ao exportá-las individualmente

- Edição de pastas compartilhadas na própria árvore de pastas

- Seleção de todas as mensagens de uma pasta independente de paginação

- Melhorias na disposição da listagem de anexos

- Alguns destaques da nova versão

 


PSL-Brasil - Versão final do Expresso 2.4.2 é lançada oficialmente na comunidade - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Presidente Rafael Correa fala sobre Software Livre na Campus Party - Software Livre

This article's tags: soberania nacionalconhecimento livresoftware livrepatentesrafael correaequador
Viewed 420 times
 Go back to Governos

Por Carlos Machado e Mariel Zasso

A comunidade software livre brasileira não esquece: em 2009, o presidente Lula, acompanhado de sua então ministra chefe da casa civil Dilma, visitou o Fórum Internacional Software Livre (FISL) em Porto Alegre e pela primeira vez um chefe de estado falava exclusivamente de Software Livre para um público da área de tecnologia. Na última quarta (19), na abertura da Campus Party Quito, o presidente do Equador Rafael Correa protagonizou ato similar.

Em sua visita ao décimo FISL(2009), Lula falou dos benefícios e das vantagens da adoção de SL pelo seu governo e falou ainda de como esse e outros temas são importantes para a sociedade. Naquele período, a chamada Lei Azeredo tramitava no congresso e o presidente foi claro ao dar a entender que não aceitaria leis que cerceassem a liberdade dos cidadãos na Internet.

Na abertura da Campus Party Quito, Rafael Correa discursou sobre Software Livre e sua adoção oficial pelo governo do Equador e também contextualizou o tema com a mais atual ameaça as liberdades no mundo digital: as patentes de Software. O presidente Correa falou a respeito das idiossincrasias já existentes na legislação de patentes internacionais e equatoriana, fazendo analogias e referências históricas à colonização.

Correa ainda deu destaque à iniciativa do Software Livre Internacional, em que o Equador se alia à Argentina, Brasil, Paraguai e outros países, para tornar livre o uso de Softwares de interesse público.

Vale a pena se emocionar com esse discurso (legendas em breve).

Saiba mais:

Blog do Michael Tiemann sobre Lula no FISL

Blog do Maddog sobre Lula no FISL

Relembre:

Lula e Dilma no FISL10


PSL-Brasil - Presidente Rafael Correa fala sobre Software Livre na Campus Party - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Projeto ASL Amazônia - Software Livre

Viewed 183 times
 Go back to Governos

Neste sábado dia 22/09, o embaixador da ASL Sady Jacques estará em Belém comandando um debate sobre as perspectivas do Projeto Organizarivo do SL Paraense, que deve culminar na criação da Associação Software Livre.Org Amazônia.

O evento ocorre no Auditório da CESUPA, a partir das 8:30h, e tem entrada gratuita. Participe!


PSL-Brasil - Projeto ASL Amazônia - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Nota de falecimento - Edgard Alves Costa - Software Livre

Viewed 128 times
 Go back to Governos

 

 

É com profundo pesar que informamos o falecimento de Edgard Alves Costa, ativista da comunidade software livre, no último dia 20.


Edgard foi membro ativo das comunidades CACert e BrOffice.org e, atualmente, administrava o portal Alfresco.org.br. Esteve no fisl diversas vezes, bem como em outros eventos de Sofware Livre pelo Brasil.

Edgar sofreu um ataque cardíaco durante uma palestra que estava ministrando na USP de Ribeirão Preto.

A comunidade lamenta. Nas palavras de Gustavo Pacheco, "Perdemos um grande amigo".

 


PSL-Brasil - Nota de falecimento - Edgard Alves Costa - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 







PSL-Brasil - Comunidade LibreOffice comemora dois anos com trilha na Latinoware 2012 - Software Livre

Viewed 69 times

Pela primeira vez, a Comunidade LibreOffice terá na Latinoware uma trilha exclusiva com atividades relacionadas ao software. Além de palestras e minicursos, a comunidade – que está completando dois anos de atividades – terá um estande no espaço de exposição do evento, onde os integrantes poderão interagir com o público e fornecer informações sobre o projeto. Isto tudo sem contar, é claro, de comemorar a data com direito a bolo no estande! Confira a programação completa:

“Queremos o LibreOffice em tablets, telefones e na nossa televisão”

Confira a nossa entrevista com Eliane Domingos de Sousa, integrante do TDF (The Document Foundation – Mantenedora do LibreOffice):

Qual o balanço que se pode fazer destes dois anos? Quais foram os principais avanços e desafios?

Dois anos é tempo bastante para ver seu projeto nascer e começar a andar sozinho. O LibreOffice é uma história de sucesso maravilhosa. Começamos com um desafio de tomar o projeto nas nossas mãos e nos separarmos da tutela de grandes corporações e o resultado está aí: um software arrojado, modernizado, cheio de funcionalidades novas e uma base instalada no Brasil que nos torna um ator privilegiado no desenvolvimento e na condução do projeto. No Brasil até hoje foram mais de 2 milhões de downloads, muitos em empresas gigantescas. Consolidamos a preferência do Brasil pelo LibreOffice e nossos usuários mais e mais satisfeitos com o software. Pudemos criar uma comunidade ativa e atuante na promoção do software e estamos já com desenvolvedores no Brasil trabalhando no código.

No âmbito internacional, tivemos a chegada de pelo menos 500 novos desenvolvedores, sendo que temos um núcleo de 50 deles praticamente permanentes. Alguns são funcionários de empresas com interesses na tecnologia e serviços para o LibreOffice e outros são voluntários dedicados ao tema. Tivemos muitos alunos e estagiários que acabaram por se graduarem e trabalharem nas empresas associadas ao LibreOffice. Nestes mesmos dois anos, lançamos 4 versões maiores e dezenas de versões de atualização, mostrando assim uma vitalidade técnica incomum no software livre.

Nosso principal desafio é avançar mais e mais ainda, com maior velocidade na inovação do software. Para isso queremos mais e mais desenvolvedores, para nos ajudar nessa empreitada. Software é um produto que nunca deixa de poder ser aperfeiçoado e melhorado, assim ainda temos um campo vastíssimo de trabalho que estamos ansiosos em abraçar. Queremos o LibreOffice em tablets, telefones e na nossa televisão.

No ano passado, estande serviu de palco para a comemoração de um ano do grupo.

Para a Latinoware, o que o público pode esperar de novidade?

Pela primeira vez a Comunidade LibreOffice Brasil está tendo a oportunidade dentro de um evento tão grande como a Latinoware, de fazer uma trilha de LibreOffice. Nesta trilha teremos 8 atividades, divididas em palestras e minicursos. Além das atividades, teremos um estande do LibreOffice à disposição do público para obter informações sobre esse magnífico projeto. No dia 19/10, às 17h, estaremos comemorando os 2 anos de projeto com bolo, bolas e muito parabéns! Vamos repetir o que fizemos na Latinoware 2011. Outra novidade que teremos neste evento será o Installfest de LibreOffice em nosso estande! Este evento será inesquecível!

Entre os palestrantes, algum destaque especial?

Acho que todos os palestrantes são importantes. Infelizmente não conseguimos trazer nenhum palestrante internacional, pois nos mesmos dias da Latinoware estará acontecendo o LibreOffice Conference, em Paris. No evento internacional, nossa comunidade estará sendo muito bem representada pelo membro fundador da TDF e um dos desenvolvedores do LibreOffice pelo Brasil, Olivier Hallot.


PSL-Brasil - Comunidade LibreOffice comemora dois anos com trilha na Latinoware 2012 - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,