sexta-feira, agosto 30, 2013

PSL-Brasil - Análise de binários ELF com malELFicus - Software Livre

Viewed 293 times
 Go back to Comunidade
malELFicus é um projeto opensource que começou a ser desenvolvido em 2011. Hoje o projeto é mantido por analistas da empresa SEC+ e tem como objetivo entender o padrão de binários unix-like, o formato ELF (Executable and Linkable Format), além de incentivar pesquisas relacionadas a análise de malwares para ambientes unix.
O projeto atualmente é constituído pela biblioteca libmalelf e pela ferramenta malelf. A libmalelf é uma biblioteca desenvolvida em C que fornece um meio rápido e fácil para os programadores manipularem binários ELF. A ferramenta malelf utiliza da libmalelf para implementar funcionalidades, como: acessar informações do binário, fazer disassemble e também é possível infectar um binário com um malware para estudo.
Existe também o projeto malelfgui, um frontend para a ferramenta malelf, desenvolvido em Qt, esse projeto ainda está em fase inicial.
Os desenvolvedores do malelficus não são responsáveis por quaisquer danos causados pelo mau uso da ferramenta. Ela foi concebida para a realização de pesquisas, é uma prova de conceito que sistemas unix podem ser alvo de malwares.
O código do projeto está disponível no github da SecPlus. Maiores informações acesse a documentação do projeto.

PSL-Brasil - Análise de binários ELF com malELFicus - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Software Freedom Day DF 2013 - Software Livre

Viewed 351 times
 Go back to Comunidade

Caros amigos da Comunidade Software Livre

Neste ano comemoramos novamente o Dia da Liberdade de Software através do evento mundial Software Freedom Day. Todos os anos este evento ocorre simultaneamente em várias cidades do mundo divulgando e incentivando o uso de software livre e neste ano ocorrerá no Sábado, 21 de Setembro.

Nosso grupo de amigos resolveu cadastrar uma equipe (http://fe.gd/BSp) para organizar o evento no DF, mas diferente do ano passado pedimos que todos colaborem para que seja executado em um espaço único onde todos possam colher os frutos desta ação. Dois ou mais lugares próximos acabam por não permitir uma integração social plena.

Sendo assim estamos dando o primeiro passo: convidar você a fazer parte da equipe de organização. Esta equipe está aberta a comunidade e já conta com alguns voluntários que participaram da edição do ano passado para trazer um pouco desta experiência.

Sendo assim estamos começando a organização deste evento de 2013, já contando com alguns palestrantes de outros estados como Hermes Nunes Pereira Junior e Guilherme Gonçalves Magalhães (Razgriz). Prezamos que o evento seja feito pela comunidade!

Se você deseja colaborar com o evento através de palestras, oficinas, mini-cursos, preencha o Formulário para submissão de palestras no endereço:http://goo.gl/S1r4MT

Se você quer participar da organização do evento preencha o formulário para inscrição de voluntários: http://goo.gl/lB6Wt


PSL-Brasil - Software Freedom Day DF 2013 - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Marco Civil da Internet e DRM são destaques no primeiro dia de Consegi - Software Livre

Viewed 369 times
This article's tags: pl 2126/11consegihtml5drmmarco civil da internet
 Go back to Comunidade

Começou hoje (13), em Brasília, a sexta edição do Consegi Brasil, o maior Congresso de Software Livre e Governo Eletrônico do país. Com 3 dias de atividades gratuitas, o Consegi reúne palestras, oficinas e debates sobre software livre, liberdade e compartilhamento, e tem transmissão ao vivo dos salões principais na internet.

 

Garantir direitos ou garantir modelos de negócios?

Nos destaques do primeiro dia, permeou a questão da garantia de direitos versus a garantia de modelos de negócios. Em uma palestra sobre DRM no HTML5, apresentada por Deivi Kuhn (Serpro), esclareceu os riscos de se colocar os interesses do mercado acima das liberdades individuais, ameaçando neutralidade, privacidade e liberdade da internet já dentro do novo padrão web. Ele relatou que, na expectativa de incentivar e dinamizar a adoção do HTML5, o W3C, consórcio internacional que discute os rumos da rede mundial de computadores, está permitindo exceções em prol de grandes empresas de internet que prejudicarão não só os usuários finais, mas também empresas e comunidades que mantiverem seu compromisso com a transparência e a privacidade dos mesmos.  (Leia mais sobre o tema: DRM no HTML5, nova ameaça à liberdade)

Na esteira dos debates sobre os rumos do compartilhamento do conhecimento, a mesa sobre o Marco Civil da Internet, o PL 2126/11, reuniu o deputado Alessandro Molon, relator do projeto, e os ativistas da rede Sérgio Amadeu da Silveira (UFABC), Pedro Ekman (Intervozes) e Andre Barbosa Filho (EBC).

Ativista Beatriz Tibiriçá, do Coletivo Digital, interpela deputado relator do Projeto de Lei Marco Civil da Internet, Alessandro Molon

Alessandro Molon, em rápida passagem pelo evento, relatou a situação do projeto de lei na Câmara, e argumentou em prol da necessidade de pressão da sociedade civil para uma aprovação urgente em votação na câmara, ainda que a redação atual não seja unanimidade. Os demais debatedores, apesar de concordarem com a urgência de se aprovar o projeto, fizeram considerações especialmente em relação ao parágrafo 2. Pedro Ekman argumentou que sim, é importante "minimizar os inimigos", mas é preciso todo cuidado ao flexibilizar o texto do projeto de lei para garantir uma redação que não prejudique os direitos dos internautas.

Antes de partida de Molon, Beá Tibiriça, ativista envolvida nas discussões do PL 2126/11, pediu a palavra para uma "questão de ordem pública": em nome da sociedade civil, ela solicitou acesso à última redação do projeto, que está desatualizado no site da Câmara de Deputados. Deputado Alessandro Molon se compromete a compartilhar com a organização do Consegi a "última versão, de 20 de novembro".

O debate contou ainda com as contribuições de Sergio Amadeu da Silveira e Andre Barbosa Filho, que falaram sobre o tráfego de informação crescente, a neutralidade da rede e a necessidade, propositalmente não suprida pelas empresas de telecomunicação, de se investir em infraestrutura.

O Consegi continua até dia 15, das 09h às 18h, com transmissão ao vivo pela Serpro TV. 

Acesse o site do Consegi: http://www.consegi.gov.br/

 


PSL-Brasil - Marco Civil da Internet e DRM são destaques no primeiro dia de Consegi - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Assista ao Consegi ao vivo! - Software Livre

Viewed 572 times
This article's tags: tv serproconsegiao vivostreaming
 Go back to Comunidade

Assista ao vivo a programação do Auditório Oscar Niemeyer no Consegi, que vai até a próxima quinta (15). Também há streaming da programação do Auditório Darcy Ribeiro.

WebChat Nenhum comentário: Links para esta postagem

PSL-Brasil - VI Encontro Nacional do GITEC - Software Livre

Viewed 36 times

O GITEC (Grupo Interlegis de Tecnologia) é uma Comunidade de Prática com mais de 800 membros que trabalham de forma colaborativa, suportada pelo Programa Interlegis e voltada ao uso da tecnologia e do software livre no Legislativo.

O Encontro do GITEC é um evento que ocorre anualmente em Brasília (DF), na sede do Interlegis, e que tem por princípio, materializar todo o intercâmbio tecnológico e os relacionamentos que são realizado virtualmente, além de promover a atualização tecnológica dos participantes, através de palestras, espaços abertos, palestas relâmpagos, minicursos e mesas redondas.


PSL-Brasil - VI Encontro Nacional do GITEC - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Lançado o KDE 4.11 - Software Livre

Viewed 338 times
 Go back to Comunidade

Foi lançado há alguns dias o KDE 4.11, apresentando uma série de novidades.

Na área de trabalho (Plasma) temos mais elementos portados para QtQuick, novas funcionalidades para o monitor de bateria, kmix, e área de notificações, além da adoção por padrão do KScreen. O kwin recebeu mais efeitos, foi portado para tecnologias OpenGL mais modernas, e a partir desta versão trás suporte experimental ao Wayland.

Nas aplicações destacam-se melhorias e adições de novas funcionalidades no Kontact, KMail, Blogilo, Okular e outros, adição de plugins para desenvolvimento em python no Kate, suporte a WebP no Kolourpaint, suporte a Ogg Opus no Juk, e mais.

Na plataforma KDE, melhorias e correções de bugs na kdelibs e grandes otimizações no Nepomuk, que agora indexa os arquivos numa velocidade 6 vezes mais rápida que em sua versão anterior, além de conseguir indexar aqruivos ODF e DOCX.

A partir desta versão, a área de trabalho entrará em freeze e só receberá correções de bugs e pequenas melhorias. Os desenvolvedores dessa parte do KDE estarão focados no chamado Plasma 2, que usará o KDE Frameworks 5. O desenvolvimento de novas funcionalidades se dará neste projeto.

Leia mais detalhes sobre o KDE 4.11 no link com as notas de lançamento em português -> http://kde.org/announcements/4.11/index.php?site_locale=pt


PSL-Brasil - Lançado o KDE 4.11 - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Sobre TV a cabo e Serviço de Acesso Condicionado - Software Livre

Viewed 123 times
Licensed under CC (by)
 Go back to Governos

Ao contrário do que pensa boa parte dos telespectadores, TV a cabo não é sinônimo de TV por assinatura (ao pé da letra, não).

O serviço de televisão (conteúdo e programação) privado é denominado pelo termo Serviço de Acesso Condicionado – SeAC e, no Brasil, é regido pela Lei 12.485 de 2011.

Conforme a Lei, “é o serviço de telecomunicações de interesse coletivo, prestado no regime privado, cuja recepção é condicionada à contratação remunerada por assinantes”.

O popular termo TV a cabo é, na verdade, a designação de uma tecnologia empregada na prestação do SeAC. É, por fim, o conteúdo disponibilizado por meio físico confinado, ou Serviço de TV a Cabo – TVC.

Outro exemplo seria o espectro radioelétrico em micro-ondas (Serviço de Distribuição de Sinais Multiponto Multicanal – MMDS). Ou, ainda, os mais conhecidos satélites (Serviço de Distribuição de Sinais de Televisão e de Áudio por Assinatura Via Satélite – DTH).


PSL-Brasil - Sobre TV a cabo e Serviço de Acesso Condicionado - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Maddog palestra no CCSL/USP - Software Livre

Viewed 374 times
This article's tags: uspmaddogccslpalestraeventossoftware livre
 Go back to Comunidade

Palestra The History of Free Software and Computer Science
Publicado originalmente em http://ccsl.ime.usp.br

Nesta quinta-feira, 22 de agosto, o CCSL - Centro de Competência em Software Livre da USP, promove a palestra The History of Free Software and Computer Science, ministrada por Jon "Maddog" Hall, Director of Linux International. Na apresentação, Maddog vai falar do conceito de código fonte compartilhado "muito antes da história do GNU Project de Richard Stallman", que começou em 1984. Ele vai contar sobre uma época anterior ao empacotamento de softwares, e também sobre como os sistemas operacionais livres e abertos podem ser, mais uma vez, utilizados para promover o ensino e os negócios na ciência da computação.

Data: 22/08 (quinta-feira)
Horário: às 10hs
Local: auditório do CCSL no IME-USP
O seminário é válido para a série de Seminário de Sistemas.

 


PSL-Brasil - Maddog palestra no CCSL/USP - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Liberada Programação do VIII Solisc - Software Livre

Viewed 99 times

Liberada na manhã de hoje, dia 15 de Agosto, a grade do VIII Solisc. O evento ocorrerá entre os dias 20 e 21 de Setembro nas Faculdades Assesc, na SC 401, Florianópolis.

Para saber detalhes sobre, acesse http://solisc.org.br/grade.htm

Nos vemos no Solisc.


PSL-Brasil - Liberada Programação do VIII Solisc - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Sobre a falta de segurança em aparelhos android - Software Livre

Viewed 110 times

Surgem a cada dia novos alarmes de firmas de segurança e de publicações especializadas falando sobre um novo vírus para o sistema Android, um novo app malicioso, uma nova ameaça qualquer. Bom, isso não é incomum: na era de máquinas conectadas e do acúmulo de funções que muitas vezes envolvem dinheiro, é bem natural que alguém procure brechas e se aproveite dos mais incautos. É assim no Windows, no Android, em qualquer sistema, mas também no mundo analógico: deixe a porta de sua casa aberta ou sua carteira no banco da praça que coisas similares acontecem.

E a similaridade "mundo digital/analógico" não está só no problema, mas também nas dicas de solução, só que aqui a questão pode ter implicações mais sérias. Um fato sobre a história humana é que ela tem a habilidade de se repetir. Já alternamos vários períodos de liberdade individual e da falta dela, e o chamariz para uma era de mais imposição vem muitas vezes do clamor das próprias pessoas por alguém que garanta a sua segurança em troca de cada vez menos direitos individuais. Censura e regras cada vez mais rígidas do que é aceitável ou não começam a aparecer nesses períodos e vão tomando a sociedade até um ponto de ruptura e daí... bom, é história.

Voltando à questão da segurança no sistema Android, que tal olhar com um pouco mais de cuidado as dicas dos especialistas? Uma comum: nunca instale software que não venha da loja Play - há até mesmo uma configuração nos aparelhos que faz isso de forma simples, impedindo o próprio dono de fugir do cercadinho do Google. O que, na verdade, acontece quando você faz isso? Você entrega para uma empresa o poder de censura sobre o que entra ou não no seu aparelho. Outra comum, que especialistas evitam dizer mas que "pessoas comuns" muitas vezes têm na ponta da língua: mude para um iPhone/iPad, que é mais seguro. De novo, a mesma questão: ao invés do Google você deu à Apple o direito de escolher o que você pode ou não acessar.

Essa é uma questão recorrente da história humana, mas agora com um viés diferente. Antes, em troca de uma segurança muitas vezes questionável, as pessoas entregavam cada vez mais aos seus governos o direito de determinar como elas viviam. Agora, na época do nosso "capitalismo-mais-que-tardio", são às empresas privadas que recorremos e damos o direito de dizer o que podemos ou não fazer...


PSL-Brasil - Sobre a falta de segurança em aparelhos android - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Evento OpenStreet 2013 em Nova Trento - Software Livre

Viewed 106 times

A CoNSoLi (Comunidade Neotrentina de Software Livre), convida a todos do Vale do Rio Tijucas e região a participar do OpenStreet 2013, um dia inteiro de palestras sobre Software Livre, com muita conversa, troca de experiências, interação e networking.

O evento é realizado através de uma parceria entre CoNSoLi e SoLiSC, terá o mesmo formato das edições anteriores (2010 e 2011) e contará com palestrantes de várias cidades.

Data e hora: 24/08/2013 a partir das 9:00Hs - Sábado.

Local: Auditório do Salão Paroquial da Igraja Matriz (exatamente em frente a Igreja Matriz de Nova Trento).

Quanto Custa: Colaboração expontânea, pague quanto quiser e apenas se quiser pagar.

Certificado de participação com 6 horas atividade.

Venha fazer parte desta celebração da Liberdade.

Atividades confirmadas:

  • 9:00 - Abertura e credenciamento;
  • 9:30 - Klaibson Ribeiro - Software Livre nas Empresas;
  • 10:30 - Fernando Pereira dos Santos - Gestão Integrada com o FreedomERP - Software de Gestão Empresarial;
  • 11:30 - Almoço;
  • 13:30 - Palestra sobre desenvolvimento de Software com PHP;
  • 14:30 - Cioban - Introdução ao Arduino - Cubo de LEDS;
  • 15:30 - Fabiani - O uso de ferramentas livres na produção audio visual;
  • 16:30 - Coffe Break;
  • 16:45 - Sorteio de Brindes.

PSL-Brasil - Evento OpenStreet 2013 em Nova Trento - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Inside the Brackets— Uma nova série de discussões sobre HTML5 - Software Livre

Viewed 425 times

Tecnologias abertas da Web como o HTML5, CSS e JavaScript estão emergindo como o terceiro maior ecosistema para o desenvolvimento de apps. Esta é a sua chance de descobrir os motivos deste crescimento tão acelerado. Participe do Inside the Brackets  e ouça a opinião dos especialistas da indústria enquanto eles discutem sobre as oportunidades, desafios e melhores práticas para o desenvolvimento multiplataforma com HTML5.

Clique aqui para mais informações e garanta a sua vaga.


PSL-Brasil - Inside the Brackets— Uma nova série de discussões sobre HTML5 - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Managana, software (ainda mais) livre para publicação digital - Software Livre

Viewed 132 times

Em uma época em que o conteúdo digital é tão presente na vida das pessoas, ter a capacidade de expor as ideias em suporte eletrônico se torna essencial!

Existem várias iniciativas nesse sentido, desde simples serviços de blog a complexas ferramentas proprietárias que podem custar alguns milhares de dólares. No meio desse caminho, dentre várias opções, existe o Managana, ferramenta livre que nasceu da experiência de alguns anos do Ateliê Ciclope de arte digital. O software surgiu da necessidade de simplificar o processo de criação num cenário em que vários tipos de dispositivo, de celulares e tablets a computadores, se tornaram comuns e muito usados para o acesso a conteúdo. Ele é uma das respostas possíveis para a pergunta "qual forma simples tenho de me expressar no mundo digital?".

A partir de um editor visual (do tipo WYSIWYG) é possível produzir vários tipos de conteúdos, de uma simples apresentação a complexos vídeos interativos, passando por livros e revistas digitais constantemente atualizadas. O Managana cuida dos meandros técnicos, simplificando o processo de publicação em navegadores e também na forma de aplicativos móveis e mesmo apresentações públicas.

Até a última versão, o software, mesmo livre (licença LGPL3), dependia do plugin Adobe Flash Player para a exibição de material em navegadores. Essa limitação impedia a chegada de alguns conteúdos a vários aparelhos, como telefones e tablets, que dependiam da criação e distribuição de apps móveis, processo que, mesmo feito pelo próprio Managana, não estava nos planos de alguns produtores.

A versão liberada em agosto de 2013 muda esse cenário adicionando uma versão HTML5 ao sistema de exibição. Agora o conteúdo criado no Managana pode ser visto em uma gama maior de aparelhos, mantendo os mesmos princípios de criação anteriores. Uma apresentação do potencial do software, feita e exibida nele mesmo usando HTML5 pode ser vista aqui:

http://www.managana.org/editor/?render=5&community=managanaintropt

A versão para Adobe Flash Player ainda está lá, e o Managana tenta escolher qual tecnogia é mais apropriada quando o conteúdo é acessado.

O site do projeto é www.managana.art.br (ou www.managana.org). Nele é possível encontrar o software para download, a documentação (guias para instalação e uso), além de todos os códigos fonte. As ferramentas envolvidas na criação e no uso do Managana são o Apache Flex, o PHP, o MySQL, além de Javascript para o player HTML5, que toma como base o CreateJS.


PSL-Brasil - Managana, software (ainda mais) livre para publicação digital - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Servidor Linux PDC - Sistema automatizador e de aprendizado - Software Livre

Viewed 150 times

A ZealTech Informática está desenvolvendo um sistema automatizador e de aprendizado que permite, em pouquíssimos minutos, configurar e disponibilizar um servidor Linux PDC baseado em Debian.

 

O servidor terá os seguintes serviços disponíveis:

 

• Compartilhamento de arquivos e pastas (Samba3);

• Acesso à internet com regras de controle (Proxy - Squid3);

• Firewall (Iptables);

• Resolução de nomes (DNS - Bind9);

• Atribuição de endereços IP com opção de reserva (DHCP).

 

Todo o processo é realizado em 2 etapas.

 

Na primeira etapa são preenchidas algumas poucas informações referentes a rede e serviços. Posteriormente será gerado um arquivo .ZIP contendo os arquivos de configurações e 2 scripts de instalação e configuração. Estes arquivos de configuração também serão exibidos individualmente no navegador para que se possa ler seu conteúdo e verificar como está configurado. Um detalhe importante é que todos estão comentados em português.

 

Na segunda etapa, o arquivo .ZIP gerado deverá ser copiado para raiz do sistema Linux e descompactado. Uma pasta de nome 'server' é criada com os arquivos de configuração e scripts. O primeiro script a ser executado é o 'instalar.sh', mas para isso é necessário dar permissão de execução à ele.

 

Daí em diante o processo de instalação e configuração final dos serviços é feito através de menus e de maneira muito fácil.

 

Todo este processo é explicado em detalhes no vídeo disponibilizado no YouTube através do link 'www.youtube.com/watch?v=EvreWCiH_Xg'.

 

Este sistema é destinado basicamente à 3 situações:

 

1. Para quem deseja usufruir de um servidor Linux e não sabe como configurá-lo manualmente, serviço por serviço, editando seus arquivos de configuração;

 

2. Para quem já trabalha com a implementação de servidores Linux, porém, precisa de uma forma mais rápida de realizar o serviço nos clientes;

 

3. Para quem deseja aprender como configurar um servidor e seus serviços.

 

Neste último caso é necessário por parte do implementador um conhecimento básico em Linux, pois o aprendizado se dá através da geração de 2 ou mais configurações diferentes de servidor e, posteriormente, a comparação entre arquivos de configuração de um mesmo serviço, visando assim verificar quais as divergências entre eles, ou seja, que pontos devem ser modificados para que o serviço funcione de acordo com suas necessidades.

 

Além disso, neste processo de aprendizado, será necessário analisar os scripts de instalação e configuração, que são simples, para que se possa compreender como efetuar os cadastros de usuários, computadores, criação de pastas dos grupos e suas configurações no Samba, assim por diante.

 

Apesar de totalmente funcional, conforme demonstra o vídeo, este sistema ainda não está disponível para uso, pois alguns refinamentos estão sendo efetuados e outros recursos possivelmente serão implementados.

 

O acesso ao sistema também não está claramente definido, mas provavelmente será comercial. Caso se confirme, o interessado terá direito a gerar 1 ou 2 configurações para teste e, caso deseje continuar a fazer uso, será cobrado um valor X para um pacote que permite gerar até Y configurações. O valor e a quantidade de configurações que se poderá gerar ainda não estão definidos, mas segundo seu desenvolvedor os interessados podem ficar tranquilos, pois o valor não será nenhum absurdo.

 

Este sistema foi desenvolvido pensando nas empresas que desejam utilizar os benefícios de um servidor Linux, mas por praticidade ou outros motivos mantém nas estações o sistema Windows. Sendo assim, o sistema não faz referência ao ingresso de uma estação Linux no domínio do servidor.


PSL-Brasil - Servidor Linux PDC - Sistema automatizador e de aprendizado - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Prorrogado o prazo para se inscrever com maior desconto na Plone Conf e Python Brasil - Software Livre

Viewed 266 times

   

Até o dia 30 de agosto você pode se inscrever na Plone Conf e na Python Brasil pagando R$100 para inscrições individuais e R$50 (para estudantes ou associados da APyB). As conferências serão realizadas de 2 a 4 de outubro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães (CCUG) em Brasília.

A conferência Python Brasil é o maior evento da comunidade Python Brasileira. Uma ótima oportunidade de conhecer uma das linguagens de programação mais versáteis e completas com inúmeros cases e treinamentos. A Plone Conference é o principal evento mundial do CMS Plone (escrito em Python) e será realizado pela primeira vez no hemisfério sul. Venha saber por quê a CIA, a NASA, o FBI e o Governo Brasileiro utilizam e desenvolvem seus portais nesta tecnologia.

Grandes especialistas nacionais e internacionais estarão presentes. A inscrição vale para os dois eventos. Inscreva-se aqui!


PSL-Brasil - Prorrogado o prazo para se inscrever com maior desconto na Plone Conf e Python Brasil - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Secretaria-geral de Governo do RS inicia adoção de formatos abertos - Software Livre

Viewed 133 times
Licensed under CC (by)
 Go back to Governos

A Secretaria-Geral de Governo (SGG) iniciou nesta quarta-feira, 21, a primeira etapa da migração da plataforma proprietária MS Office para a suíte de aplicativos LibreOffice, que disponibiliza ferramentas de edição e armazenamento de documentos em formatos abertos. As equipes do Escritório de Gestão Intensiva e da Sala de Gestão foram as primeiras a passar pela oficina de capacitação de uso do LibreOffice Writer e do LibreOffice Calc, equivalentes livres do Word e do Excel.

A oficina foi ministrada no espaço do Departamento de Tecnologia da Informação e Telecomunicações da SGG, que coordena o processo de transição. Gustavo Pacheco, consultor da Procergs, explica a importância da primeira etapa: “apresentamos aos participantes os principais conceitos das aplicação para que os usuários possam aprimorar seus conhecimentos de acordo com suas tarefas diárias”, afirma.

A transição dos formatos proprietários para o LibreOffice começa pela Secretaria-Geral, mas se dará gradativamente em toda a administração estadual. A mudança está ancorada pela lei estadual 14.009, de junho de 2012, que versa sobre a adoção de formatos abertos de arquivos para a criação, formatação, armazenamento e distribuição de documentos visando assegurar a independência tecnológica e promover a economicidade.

Para o secretário-geral de Governo do Rio Grande do Sul, Vinícius Wu, a iniciativa representa um passo adiante na soberania do estado. “Sabemos que os formatos fechados, proprietários, podem comprometer a capacidade do estado organizar sua memória e em planejar a longo prazo suas iniciativas e políticas públicas, porque nos torna reféns de variações do mercado. A iniciativa de buscar os formatos abertos é também uma forma de afirmar nosso compromisso com a transparência, a democracia e o acesso a informações que são de toda a sociedade.”, avalia o secretário.

Fonte: Gabinete Digital do RS.


PSL-Brasil - Secretaria-geral de Governo do RS inicia adoção de formatos abertos - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Secretaria-Geral de Governo do Rio Grande do Sul inicia adoção de formatos abertos - Software Livre

Viewed 211 times
Licensed under CC (by)
 Go back to Governos

A Secretaria-Geral de Governo (SGG) iniciou nesta quarta-feira, 21, a primeira etapa da migração da plataforma proprietária MS Office para a suíte de aplicativos LibreOffice, que disponibiliza ferramentas de edição e armazenamento de documentos em formatos abertos. As equipes do Escritório de Gestão Intensiva e da Sala de Gestão foram as primeiras a passar pela oficina de capacitação de uso do LibreOffice Writer e do LibreOffice Calc, equivalentes livres do Word e do Excel.

A oficina foi ministrada no espaço do Departamento de Tecnologia da Informação e Telecomunicações da SGG, que coordena o processo de transição. Gustavo Pacheco, consultor da Procergs, explica a importância da primeira etapa: “apresentamos aos participantes os principais conceitos das aplicação para que os usuários possam aprimorar seus conhecimentos de acordo com suas tarefas diárias”, afirma.

A transição dos formatos proprietários para o LibreOffice começa pela Secretaria-Geral, mas se dará gradativamente em toda a administração estadual. A mudança está ancorada pela lei estadual 14.009, de junho de 2012, que versa sobre a adoção de formatos abertos de arquivos para a criação, formatação, armazenamento e distribuição de documentos visando assegurar a independência tecnológica e promover a economicidade.

Para o secretário-geral de Governo do Rio Grande do Sul, Vinícius Wu, a iniciativa representa um passo adiante na soberania do estado. “Sabemos que os formatos fechados, proprietários, podem comprometer a capacidade do estado organizar sua memória e em planejar a longo prazo suas iniciativas e políticas públicas, porque nos torna reféns de variações do mercado. A iniciativa de buscar os formatos abertos é também uma forma de afirmar nosso compromisso com a transparência, a democracia e o acesso a informações que são de toda a sociedade.”, avalia o secretário.

Fonte: Gabinete Digital do RS.


PSL-Brasil - Secretaria-Geral de Governo do Rio Grande do Sul inicia adoção de formatos abertos - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

PSL-Brasil - Som no Debian GNU/kFreeBSD - Software Livre

Viewed 142 times
 Go back to Comunidade

Bom, gostaria de divulgar o projeto que praticamente ninguém fala, ninguém usa e ninguém ajuda da minha distro Linux favorita: Debian.
O projeto é o port não-Linux que tenta trazer o kernel do FreeBSD (um SO que merece respeito) ao Debian utilizando os componentes GNU e o jeitão Debian de ser (apt e dpkg).

Estou utilizando a versão testing atual (jessie) que se demonstra melhor a cada semana para usuários inexperientes, porém possui varios problemas ainda que eu irei listar abaixo:
1- um bug chato que faz todo programa com GUI fechar a qualquer momento.
2- só roda com driver de video vesa porque os outros ainda não foram portados corretamente para ele.

Existe outros problemas que não me cheira a ser problemas do sistema operacional em si, mas sim da falta de informação sobre ele, por isso estou tentando trazer para ele a solução de um desses problemas:
3- funcionar webcam
4- gravar som também por microfone
5- configurar wi-fi (o que mais me dá dor de cabeça)

6- montar dispositivos externos

E o problema que eu vim trazer a solução:
Quando plugarem um fone vão perceber que o som não é transmitido direto para o fone...ele permanece nas caixas de som...achei que fosse um problema isso até que descobri o comando:

sysctl -w hw.snd.default_unit=1

Mudem o valor dependendo da necessidade de vcs. Pelo menos comigo resolveu e estou repassando como forma de divulgar o projeto.
A medida que outros problemas e/ou soluções daqueles forem aparecendo eu posto aqui.
Se quiserem testar também e puderem ajudar, é um projeto que vale a pena ;). E se alguem descobrir como conectar wi-fi me avise URGENTEEE :P!!
Até mais.


PSL-Brasil - Som no Debian GNU/kFreeBSD - Software Livre

 



 

Technorati Marcas: : , , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , , ,

 

Aúncio